James Cameron quer que 'Avatar' seja novo 'Guerra nas Estrelas'

Para Diretor, o público gosta da realidade alternativa criada por esses clássicos do cinema

Efe,

27 de agosto de 2010 | 04h49

LOS ANGELES -  O cineasta James Cameron, 56 anos, quer que o projeto de saga iniciado com "Avatar" se transforme em um novo fenômeno à altura de histórias como "Guerra nas Estrelas", "Jornada nas Estrelas" e as obras de J.R.R. Tolkien, como "O Senhor dos Anéis", informou o site Los Angeles Times.

O diretor de "Titanic" (1997) se declarou admirador dos universos criados por George Lucas e Gene Roddenberry e confessou que quer seguir seus passos com "Avatar".

"Você tem que competir com estes outros trabalhos épicos de fantasia e ficção. As pessoas querem uma realidade alternativa e querem os detalhes que a enriquecem", disse Cameron.

"Avatar" volta aos cinemas americanos neste fim de semana com uma versão estendida com mais oito minutos de duração. Além disso, Cameron está terminando um romance sobre o filme que deve ser lançado em novembro e trará mais detalhes sobre os personagens da história, assim como do planeta Pandora.

"Será a bíblia para qualquer publicação futura e a referência para os roteiristas que quiserem trabalhar sobre este mundo", explicou o cineasta.

O romance servirá para construir os dois próximos filmes que completarão a trilogia de "Avatar".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.