James Bond chega ao Chile para filmar no Deserto do Atacama

Cenas fazem parte do longa 'Quantum of Solace', próxima aventura do agente 007, que custará US$ 230 milhões

Efe,

08 de março de 2024 | 10h39

James Bond, o famoso agente 007, interpretado pelo ator britânico Daniel Craig, chega nesta segunda-feira, 24, a Santiago para filmar várias cenas no Deserto do Atacama, o mais árido do planeta, situado no norte do Chile, informaram fontes da produção. As cenas correspondentes ao filme Quantum of Solace serão filmadas nas arredores da cidade de Antofagasta, localizada a 1.368 quilômetros ao norte de Santiago, entre antigas estações de trens e os sofisticados telescópios do observatório Paranal. Craig, que encarna pela segunda vez consecutiva o espião britânico após o êxito de Cassino Royale (2006), estará acompanhado pela Bond-girl, a modelo ucraniana Olga Kurylenko. Em Quatum of Solace, cuja estréia é esperada para novembro, Bond enfrentará perigosos inimigos e narcotraficantes no Haiti e em um país andino fictício que, embora seja filmado no Chile, na história representará a Bolívia. Além do complexo astronômico Paranal, as aventuras de 007 acontecerão na antiga estação de trens de Baquedano e o pequeno porto de Cobija, declarado patrimônio nacional, fato que obrigará a presença de um especialista que supervisionará as filmagens. Outras cenas do filme, com um custo de US$ 230 milhões, serão filmadas em pleno centro de Antofagasta, a quinta cidade mais povoada do Chile, com 300.000 habitantes. Nessa cidade, já se encontra um antigo avião de carga e cinco veículos 4x4 de última geração, que não têm passagem de volta já que durante a filmagem serão destruídos. Vários chilenos que vivem no Deserto do Atacama foram contatados para fazer papéis de figurante, e um deles inclusive arrendou seu carro para a produção.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.