Guillaume Horcajuelo/EFE
Guillaume Horcajuelo/EFE

Jacob deixa Festival de Cannes e Pierre Lescure é eleito novo presidente

Ex-presidente do Canal+ da TV francesa assumirá cargo em julho, após encerramento da 67.ª edição do evento

O Estado de S. Paulo

14 de janeiro de 2014 | 18h59

Pierre Lescure, ex-presidente do Canal+ da TV francesa, vai substituir Gilles Jacob na presidência do Festival de Cannes a partir de 2015. O festival francês afirmou que Lescure foi escolhido após uma reunião entre diversos profissionais do festival. O novo presidente do maior festival de cinema do mundo irá assumir seu cargo em julho próximo, logo após o encerramento da 67.ª edição do evento, a última que terá Jacob no comando.

O atual presidente, que tem 83 anos, deixa o cargo após mais de 30 anos no festival, sendo 13 ocupando o cargo máximo. Já Lescure, de 68 anos, foi um dos fundadores do Canal Plus, rede a cabo francesa, em 1984 e, anos mais tarde, assumiu a presidência. Ao se tornar presidente de Cannes, Lescure dividirá o comando do evento com o atual diretor Thierry Fremaux, que supervisiona a seleção oficial do festival, que neste ano ocorre de 14 a 25 de maio na cidade do litoral francês.

Brasil em Cannes. Estão abertas, até 3 de fevereiro, as inscrições para a quarta edição do programa Encontros com o Cinema Brasileiro, que tem como principal objetivo aumentar a visibilidade do cinema nacional no mercado internacional, investindo na aproximação das relações com curadores dos principais festivais de cinema do mundo.

Iniciativa da Ancine em parceria com o Ministério das Relações Exteriores – MRE, o programa realiza sua primeira edição de 2014 na segunda quinzena de fevereiro, quando representantes dos comitês de curadoria da Seleção Oficial do Festival de Cannes e da Quinzena dos Realizadores chegam para assistir a doze longas-metragens brasileiros inéditos, recém-finalizados ou em processo de finalização.

O comitê de seleção da Semana da Crítica do mesmo festival não terá representante presente nas sessões, mas receberá a listagem com as informações dos filmes que se inscreverem.

Além das sessões dos filmes, os curadores poderão organizar suas próprias agendas de reuniões com realizadores e produtores, para conhecerem melhor a realidade do mercado do cinema brasileiro. Nas três primeiras edições de 2013, o Programa trouxe ao Brasil representantes dos festivais de Veneza, Locarno, San Sebastián, Roma, Havana, IDFA, Sundance, Roterdã, Bafici e Berlim. Mais informações no site boletim.ancine.gov.br/encontros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.