Italiano anuncia produção do primeiro filme pornográfico em 3D

O diretor, produtor de 'Calígula', declarou que pretende começar a rodar o longa até junho deste ano

Efe

29 de janeiro de 2010 | 03h42

O diretor italiano Tinto Brass, conhecido por uma filmografia recheada de títulos eróticos, anunciou que vai produzir o que chamou de "o primeiro filme pornográfico em 3D", informou na última quinta-feira, 28, a publicação especializada "The Hollywood Reporter".

 

Brass, de 76 anos, cujo filme mais famoso e polêmico foi "Calígula", que conta a vida do sanguinário (e depravado) imperador romano, afirmou que este é o momento adequado para usar a tecnologia de três dimensões em um filme do gênero.

 

O cineasta deu detalhes sobre o filme em 3D, explicando que pensa em "retomar um projeto abandonado, sobre um imperador romano que foi arruinado pelos americanos", contou, em alusão a "Calígula", cuja produção ele abandonou já na fase final.

 

O diretor garantiu, que além de ser o primeiro filme pornográfico em 3D do mundo, será também a primeira produção em três dimensões feita na Itália. Tinto Brass ressaltou que vai começar a escrever o roteiro nos próximos dias, e em breve vai selecionar o elenco. A intenção do diretor é começar a rodar o filme em maio ou junho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.