Itália é campeã da pirataria de filmes no Ocidente

A pirataria é quase sempre associada a países em desenvolvimento ou aos países que se encontram praticamente excluídos da economia global. Entretanto, um relatório da agência italiana que combate o problema mostrou que a Itália, um dos sete países mais ricos do planeta, é o campeão da pirataria de filmes. Segundo divulgou hoje a BBC, 30% do mercado italiano de DVDs e vídeos é ilegal. É o maior número em todo o Ocidente.Os produtores cinematográficos italianos expressam preocupação com o aumento da pirataria no país. Aurelio de Laurentiis, presidente da associação dos produtores da Itália e herdeiro do império de Dino de Laurentiis, comentou que há mais de dez anos adverte as autoridades sobre a pirataria. Ele disse que chegou a saber, através de juízes, que a máfia pretendia matá-lo por tentar ir contra o mercado ilegal de filmes.As vendas de DVDs e vídeos na Itália, por meio do mercado legal, alcançaram ? 417 milhões em 2003. A pirataria obteve um valor que passa da metade deste, ? 250 milhões. Há estimativas de que quatro milhões de cópias piratas de filmes estejam em circulação pela Itália. No ano passado, a polícia do país conseguiu apreender pouco mais de 334 mil cópias.

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2004 | 14h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.