Itália condecora Spielberg por memória do Holocausto

Steven Spielberg recebeu hoje a mais alta condecoração da Itália por seu trabalho de preservação da memória do Holocausto, em filmes de ficção e não-ficção. O diretor de A Lista de Schindler foi ordenado Cavaleiro da Grande Cruz. A homenagem foi feita pelo próprio presidente do país, Carlo Azeglio Ciampi, que chamou o cineasta de "mestre do cinema e da indústria mundial de sonhos e realidades" e elogiou seu projeto de registrar em filme o testemunho de sobreviventes judeus italianos. A Lista de Schindler, que venceu sete Oscars em 1993, conta a história de 1,1 mil judeus salvos da perseguição nazista por um industrial alemão. Após o filme, o diretor fundou a fundação Shoah, dedicada à preservação da memória audiovisual do Holocausto.

Agencia Estado,

14 de abril de 2004 | 14h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.