Israel promove 4.º Festival de Cinema Brasileiro

As atrizes Nathália Timberg e Aida Leiner e o publicitário Mauro Salles são alguns dos brasileiros que participarão do 4.º Festival do Cinema Brasileiro em Israel, que começa domingo e vai até 31 de agosto. Bye Bye Brasil, de Cacá Diegues, abre o festival, que apresentará filmes de curta e longa metragem, nos gêneros de drama, ficção e documentários. O principal objetivo dos organizadores é promover a difusão do audiovisual brasileiro no país, onde telenovelas brasileiras, como Terra Nostra e O Clone fazem sucesso. Além de serem exibidos em cinemas das três principais cidades de Israel - Tel Aviv, Haifa e Jerusalém -, os filmes serão analisados por um Júri Oficial e também por um Júri Popular. Pela primeira vez o público poderá votar e escolher seus favoritos. Participam do evento este ano Benjamim, Como Fazer Um Filme de Amor, Fala Tu, Lisbela e o Prisioneiro, O Cineasta da Selva, Passaporte Húngaro, O Homem que Copiava, Os Normais, O Prisioneiro da Grade de Ferro, Seja o Que Deus Quiser, Sexo, Amor e Traição, Viva Sapato e Viva Voz. Fora da mostra competitiva, estão Carandiru, de Hector Babenco, e Deus é Brasileiro, de Cacá Diegues. Com apoio do Ministério da Cultura, o Festival de Cinema Brasileiro em Israel surgiu em 2001. Nesses quatro anos, cresceu a ponto de tornar-se um marco no calendário cultural israelense. Em 2003, foram treze mil espectadores, com salas lotadas e sessões extras.

Agencia Estado,

01 de agosto de 2004 | 10h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.