Islandês 'Sparrows' conquista Concha de Ouro em San Sebastián

Islandês 'Sparrows' conquista Concha de Ouro em San Sebastián

'Era o Hotel Cambridge', de Eliane Caffé, ganha prêmio cinema em construção; Ricardo Darín é o melhor ator

AFP

26 Setembro 2015 | 19h48

O filme Sparrows, do islandês Rúnar Rúnarsson, levou a Concha de Ouro de melhor filme na 63ª edição do Festival Internacional de Cinema de San Sebastián, que terminou neste sábado, 26.

Seguem os premiados nas principais categorias da cerimônia realizada no norte da Espanha:

- Concha de Ouro de Melhor filme: Sparrows (Islanda-Dinamarca-Croácia)

- Prêmio Especial do Júri: Evolution, de Lucile Hadzihalilovic (França-Bélgica-Espanha)

- Concha de Prata de melhor diretor: Joachim Lafosse por Les Chevaliers Blancs (Bélgica-França)

- Concha de Prata de melhor ator: o argentino Ricardo Darín e o espanhol Javier Cámara por Truman

- Concha de Prata de melhor atriz: a cubana Yordanka Ariosa por El rey de La Habana

- Prêmio do Júri de melhor roteiro: Arnaud Larrieu e Jean-Marie Larrieu por 21 nuits avec Pattie (França)

- Prêmio do júri de melhor fotografia: Manu Dacosse por Evolution (França-Bélgica-Espanha)

- Menção especial do júri: El apóstata, de Federico Veiroj (Espanha-Uruguai-França)

- Prêmio honorário Donostia: Emily Watson (Reino Unido)

- Prêmio novos diretores: Le Nouveau, de Rudi Rosenberg (França)

- Prêmio Horizontes Latinos: Paulina de Santiago Mitre (Argentina-Brasil-França)

Menções especiais:

- Luis Silva por Desde allá (Venezuela-México)

- Te prometo anarquía, de Julio Hernández Cordón (México-Alemanha)

- Prêmio cinema em construção: Era o Hotel Cambridge, de Eliane Caffé (França-Brasil)


Mais conteúdo sobre:
cinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.