Inscrições para Festival Cine PE terminam em 31 de janeiro

Prêmio escolhe as melhores produções nacionais de curtas e longas-metragens no dia 28 de abril

Pedro Henrique França, da Agência Estado,

08 de janeiro de 2007 | 14h27

A organização do Cine PE - Festival do Audiovisual deu a largada para as inscrições da edição deste ano, que acontece entre os dias 28 de abril e 04 de maio, em Recife, Pernambuco. Os interessados em disputar um dos 26 Calungas (nome do troféu) poderão inscrever curtas e longas-metragens brasileiros em formato digital ou película 35 mm. O prazo para as inscrições termina no dia 31 de janeiro. O festival se divide em três tipos de premiação: curtas-metragens em vídeo, onde serão distribuídos quatro prêmios; curta em película 35 mm, em que serão premiados profissionais em dez categorias; e longas-metragens em 35 mm e projeção digital, com doze prêmios. Os contemplados serão indicados pelo júri oficial do Cine PE, e para entrar no festival todas as produções inscritas devem ter sido finalizadas até maio de 2007. O regulamento está disponível na internet (www.cine-pe.com.br) e as inscrições também podem ser feitas através do portal do evento ou enviadas para o seguinte endereço: Rua João Cardoso Aires, 1.042, Boa Viagem, CEP 51130-300, Recife-Pernambuco. Os telefones para contato na Secretaria Executiva do Cine PE são: (81) 3461-3773 ou 3343-5066. As produções deverão ser encaminhadas à organização do evento, preferencialmente no formato DVD (ou VHS) até o dia 31, data que corresponde ao limite de postagem, para efeito de classificação do material. O Cine PE 2008 acontecerá no Centro de Convenções de Pernambuco, em Recife, e além das mostras competitivas o festival pernambucano de cinema, terá atividades como oficinas técnicas, seminários, exposição e ainda uma mostra de cinema dedicada às crianças, outra realizada em bairros populares e também uma específica de filmes latinos. No ano passado, o vencedor de melhor longa-metragem no festival foi Cão sem Dono, de Beto Brant e Renato Ciasca, inspirado no livro Até o dia em que o cão morreu (Companhia das Letras), do jovem escritor gaúcho Daniel Galera. O longa arrematou ainda o Calunga de melhor atriz, para Tainá Müller, e o prêmio especial da crítica.

Tudo o que sabemos sobre:
Cine PE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.