Índios xavantes lançam documentário "Darini"

O documentário Darini - Iniciação Espiritual Xavante leva o nome do ritual de iniciação que só acontece de 15 em 15 anos, e foi feito pelos jovens videomakers xavantes Caimi Waiassé e Jorge Protodi, a pedido dos anciãos da aldeia onde moram. O vídeo será apresentado seguido de debate O Xavante Visto por Ele Mesmo, hoje, às 19h, no Museu Afro-Brasil. Os índios vão falar ao público sobre o uso de novas mídias para divulgar a sua cultura e sobre seus projetos nas associações indígenas. Os índios xavantes têm realizado extenso e intenso trabalho para a preservação e divulgação de sua cultura muito além das fronteiras de suas aldeias e da tradição oral usada pelos mais velhos para transmitir às novas gerações seus hábitos, costumes e crenças desde o início dos tempos. Eles aprenderam a falar português e a manusear as novas mídias urbanas para se fazer compreender e divulgar a sua cultura entre os não índios. Da mesma forma, atuam em diversos projetos de preservação indígena e ambiental em associações indígenas e não governamentais.Os dois eventos em conjunto abrem a programação do auditório do Museu Afro-Brasil e marcam as primeiras ações da organização não governamental Nossa Tribo. Darini - Iniciação Espiritual Xavante. Museu Afro-Brasil. Av. Pedro Álvares Cabral - Antigo Pavilhão Manoel da Nóbrega/Parque Ibirapuera. Tel.: (0xx11) 5579-0593

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.