Incêndio atinge estúdios do filme Cassino Royale

Um incêndio começou na manhã de domingo nos estúdios Pinewood, no oeste de Londres, onde cenas de Cassino Royale, mais novo filme de James Bond, foram rodadas. Pelo menos oito caminhões se deslocaram para o local, próximo ao povoado de Uxbridge. Segundo imagens mostradas pela BBC, os danos foram consideráveis.O edifício acidentado foi cenário de algumas cenas do último filme sobre o agente secreto James Bond, protagonizado por Daniel Craig, que ainda está em processo de produção. Craig é o sucessor de astros como Sean Connery, Roger Moore e Pierce Brosnan no papel do agente 007.O filme, com um orçamento de US$ 72 milhões, se passa parcialmente em Veneza, e, por isso, os estúdios tinham sido transformados em uma réplica da cidade. Não é a primeira vez que acidentes acontecem nos sets das filmagens de Cassino Royale: em fevereiro, na República Tcheca, Daniel Craig levou um soco do dinamarquês Mads Mikkelsen, que interpreta um vilão no filme, e perdeu dois dentes.Na última quinta-feira, um roteiro com cenas secretas de Cassino Royale foi encontrado acidentalmente em no pub Three Compasses, na Inglaterra. Um produtor deixou o documento de 19 páginas por engano em um bar próximo ao local onde o filme estava sendo rodado. O roteiro narra como Bond luta contra seu inimigo enquanto o vilão lança um tanque de combustível contra um avião Jumbo. "Não podia acreditar quando me dei conta de que se tratava do roteiro. Eu me perguntei quanto teria custado para os fãs de Bond se o tivesse vendido no e-Bay. Mas não queria arruinar a surpresa de milhões de fãs e entreguei-o ao The Sun, que cuidou de devolvê-lo sem problemas", comentou o freqüentador do pub que encontrou o roteiro. Cassino Royale, dirigido pelo britânico Martin Campbell, é o 21.º longa da série protagonizada pelo agente a serviço de Sua Majestade britânica criado por Ian Fleming (1908-1964). A estréia está prevista para novembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.