<i>Família do Futuro</i> em 3D fatura alto na estréia

O desenho animado da Walt Disney A Família do Futuro ("Meet the Robinsons") arrecadou US$ 7,1 milhões (R$ 14 milhões) no fim de semana em cinemas que exibiram uma versão tridimensional nova do filme. Analistas de cinema observam com atenção o desempenho do filme. A estréia no Brasil está prevista para a próxima sexta, 6, mas em todo o País há apenas duas salas de projeção em 3D: uma nho Shopping Eldorado (Cinemark), em São Paulo e outra no Norte Shopping (UCI), no Rio.A Disney anunciou que A Família em 3D foi exibido em 581 cinemas equipados com projetores digitais e superou a versão bidimensional tradicional do filme em 2,6 vezes por cinema.Os valor arrecadado nas bilheterias conferem ao filme em 3D um faturamento médio de US$ 12,2 mil (R$ 14 mil) por cinema, o que é um valor alto quando se considera que o filme número 1 do fim de semana, Escorregando para a Glória, obteve a média de US$ 9.790 (R$ 18 mil) por cinema, em mais de 3.300 salas.Incluindo tanto suas versões em 3D e 2D, A Família do Futuro, que narra as aventuras futuristas de um garoto, arrecadou US$ 25 milhões em 3.400 salas e teve uma média de 7.300 dólares por cinema, sendo o segundo colocado nas bilheterias do fim de semana.InteresseHollywood e os proprietários de cinemas estão acompanhando de perto as vendas de ingressos de filmes em 3D porque muitos acreditam que os projetores digitais modernos que estão sendo instalados nos cinemas podem aumentar as bilheterias, oferecendo alternativas aos filmes bidimensionais tradicionais.A Disney é uma das maiores proponentes dos filmes em 3D, tendo lançado o desenho animado O Galinho Chicken Little em versão 3D em 2005, arrecadando US$ 26 mil (R$ 52 mil) por cinema em cerca de 80 salas. A versão em 2D obteve a média de quase US$ 11 mil (R$ 22 mil) por cinema em 3.600 salas.No verão americano passado, a Columbia Pictures, pertencente à Sony Corp., lançou uma versão em 3D do desenho animado A Casa Monstro em suas 162 salas com equipamentos digitais e obteve arrecadação média de US$ 15 mil (R$ 30 mil) por sala, mais de 2,5 vezes o valor ganho com cada cópia em 2D.Outros tipos de conteúdos alternativos incluem concertos musicais e partidas esportivas que acontecem ao vivo em um local e são transmitidos via satélite para cinemas em todo o mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.