<i>Cinema, Aspirinas e Urubus</i> vence o ´Oscar´ brasileiro

O filme Cinema, Aspirinas e Urubus foi o grande vencedor do ´Oscar´ brasileiro, com prêmios nas categorias longa-metragem de ficção, direção (Marcelo Gomes), roteiro original (Marcelo Gomes, Paulo Caldas e Karim Aïmnouz), fotografia (Mauro Pinheiro Jr) e montagem (Karen Harley). A festa da Academia Brasileira de Cinema foi realizada no domingo, 22, no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro.Na categoria melhor documentário, foi escolhido Vinícius, que também saiu consagrado por sua trilha sonora. Os prêmios de melhor atriz e melhor ator ficaram com Alice Braga (Cidade Baixa) e Ângelo Antônio (Dois Filhos de Francisco), respectivamente. Os atores coadjuvantes premiados foram Paloma Duarte e José Dumont, ambos pela atuação em Dois Filhos de Francisco.Casa de Areia, estrelado por Fernanda Montenegro e Fernanda Torres (mãe e filha), levou nas categorias melhor direção de arte (Tulé Peake), melhor figurino (Cláudia Kopke) e melhor maquiagem (Martin Macías Trujillo).Outros destaques foram os prêmios de melhor longa-metragem estrangeiro para O Jardineiro Fiel, de Fernando Meirelles e melhor roteiro adaptado para Crime Delicado (Marçal Aquino, Marco Ricca, Beto Brant, Maruício Paroni e Luiz Carvalho Filho por Crime Delicado).O cartunista Ziraldo foi homenageado por sua carreira no evento, que teve como mestres da cerimônia os atores Dira Paes e João Miguel.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.