<i>Baixio das Bestas </i> é premiado em Roterdã

O filme Baixio das Bestas, segundo longa do diretor Cláudio Assis que, em 2003, lançou Amarelo Manga, longa premiado no Festival de Berlim e no Festival de Toulouse, na França, é um dos quatro vencedores do 36.º Festival de Roterdã, na Holanda, que divulgou sua premiação na sexta-feira. Aqui no Brasil a produção ganhou o prêmio de melhor filme no 39.º Festival de Cinema de Brasília, em novembro de 2006, quando venceu também nas categorias de melhor atriz (Mariah Teixeira), ator coadjuvante (Irandhir Santos), atriz coadjuvante (Dira Paes) e trilha sonora (Pupillo).O longa, vencedor do prêmio Tiger, em Roterdã, é ambientado na Zona da Mata pernambucana e conta a história de Auxiliadora, uma menina explorada pelo avô, e de sua cidade. No elenco, estão atores como Caio Blat, Matheus Nachtergaele, Fernando Teixeira, Marcélia Cartaxo, Mariah Teixeira e Dira Paes. A fotografia ficou a cargo de Walter Carvalho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.