<I>Babel</I> e <i>Miss Sunshine</i> disputam 79.ª edição do Oscar

A atriz e produtora mexicana Salma Hayek foi a escolhida para anunciar, ao lado do presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos EUA Sid Ganis, os cinco candidatos do ano em cada categoria ao Oscar em sua 79.ª edição. O anúncio foi feito às 11h30 desta terça no teatro Samuel Goldwyn em Beverly Hills, sede da Academia. É a reta final para a conquista da estatueta mais cobiçada do cinema mundial. Na categoria máxima disputam a estatueta de melhor filme: Babel, que deu ao diretor mexicano Alejandro González Iñárritu o Globo de Ouro de 2006, Os Infiltrados de Martin Scorsese, A Rainha de Stephen Frears, Cartas a Iwo Jima de Clint Eastwood e a comédia de viagem A Pequena Miss Sunshine, como o filme alternativo e azarão da temporada. Babel teve sete indicações: como melhor filme, duas indicações ao prêmio atriz coadjuvante (para a mexicana Adriana Barraza e para a japonesa Rinko Kikuchi), direção, edição, música original e roteiro original. O musical Dreamgirls, que estava bem cotado para receber uma indicação como melhor filme, acabou sem ela, mas levando o maior número de indicações, oito: melhor ator coadjuvante, melhor atriz coadjuvante, direção de arte, figurino, três indicações para melhor música original e edição de som. Seguindo de perto, com seis indicações cada ficaram A Rainha, de Stephen Frears e O Labirinto do Fauno, de Guilhermo del Toro. Na categoria de melhor atriz competem: Penélope Cruz por Volver, Helen Mirren por A Rainha, Judi Dench por Nota Sobre um Escândalo, Kate Winslet por Pecados Íntimos e Meryl Streep por O Diabo Veste Prada. Como melhor ator vão disputar o Oscar: Leonardo DiCaprio por Diamante de Sangue, Peter O´Toole por Vênus, Will Smith por À Procura da Felicidade, Forest Whitaker por O Último Rei da Escócia, Ryan Gosling por Half Nelson. Esta é a oitava indicação do ator irlandês Peter O´Toole, de 74 años, que nunca ganhou um Oscar. Sua primeira indicação por há 45 anos, por Lawrence da Arábia As atrizes: Penélope Cruz por Volver, Helen Mirren por A Rainha, Judi Dench por Nota Sobre um Escândalo, Kate Winslet por Pecados Íntimos e Meryl Streep por O Diabo Veste Prada. Uma das surpresas da lista foi a ausência de Volver de Pedro Almodóvar, entre os escolhidos para disputar o Oscar de melhor filme estrangeiro: Water (Canadá), The Lives of Others (Alemanha), O Labirinto do Fauno (México), Days of Glory (Argélia), After the Wedding (Dinamarca). A Outra surpresa foi a indicação de Paul Greengrass por Vôo United 93, disputando o prêmio de melhor diretor ao lado de Martin Scorsese (Os Infiltrados), Clint Eastwood (Cartas a Iwo Jima), Stephen Frears (A Rainha) e Alejandro Iñárritu (Babel). O troféu de atriz coadjuvante será disputado por Adriana Barraza, por Babel, Cate Blanchett, por Notes on a Scandal; Abigail Breslin por Pequena Miss Sunshine, Jennifer Hudson por Dreamgirls - Em Busca de um Sonho e Rinko Kikuchi, por Babel. Concorrem na categoria melhor ator coadjuvante Alan Arkin por Pequena Miss Sunshine, Jackie Earle Haley por Pecados Íntimos, Djimon Hounsou por Diamante de Sangue, Eddie Murphy por Dreamgirls - Em Busca de Um Sonho e Mark Wahlberg por Os Infiltrados. A cerimônia de entrega da 79.ª edição do Oscar está prevista para 25 de fevereiro, no Teatro Kodak de Los Angeles, sob o comando da atriz e humorista Ellen Degeneres, que apresenta com sucesso seu próprio programa de variedades, The Ellen Degeneres Show.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.