<i>Babel</i> e <i>Dreamgirls</i> lideram corrida ao Oscar

Com a vitória de Babel, o filme épico multicultural do mexicano Alejandro González Iñárritu na 64.ª edição do Globo de Ouro, como melhor filme dramático, fica estabelecido seu potencial favoritismo para conquistar o Oscar, ao lado de Dreamgirls de Bill Condon, que ficou com o mesmo prêmio para musical ou comédia. Babel, que ficou com o prêmio máximo, era o favorito, com sete indicações: melhor filme, diretor, trilha sonora, roteiro, ator coadjuvante (Brad Pitt) e atriz coadjuvante (Adriana Barraza e Rinko Kikuchi). Nos bastidores, Iñárritu celebrou a vitória do cinema mexicano com seus compatriotas e amigos há anos: Guillermo del Toro (O Labirinto do Fauno) e Alfonso Cuarón (Children Men). Dreamgirls chega mais perto do Oscar graças a seus três Globos de Ouro: melhor comédia ou musical e melhores coadjuvantes, para Jennifer Hudson e Eddie Murphy. Três vezes indicado ao Globo de Ouro, Murphy ganhou seu primeiro prêmio importante em 25 anos de carreira. Martin Scorsese poderá finalmente ganhar o seu Oscar. Já é lendária sua história de indicações, por cinco vezes, à Academia de Hollywood. Ele ganhou seu segundo Globo de Ouro de melhor diretor por Os Infiltrados. Clint Eastwood ficou com o Globo de Ouro de melhor filme estrangeiro por Cartas para Iwo Jima, que ele teve de dirigir com intérprete, pois é falado em japonês. Ele se impôs sobre Volver, de Pedro Almodóvar e O Labirinto do Fauno, do mexicano Guillermo del Toro. Helen Mirren: dose dupla E a elogiada atuação de Penélope Cruz em Volver não garantiu o prêmio para a musa de Almodóvar. A atriz Helen Mirren faturou os dois: no cinema, por interpretar a rainha Elizabeth II da Inglaterra em A Rainha de Stephen Frears e, na televisão, pelo papel da rainha Elizabeth I, na série homônima. Elizabeth I venceu em três categorias: melhor série ou filme de TV, melhor atriz (Helen Mirren ) e ator coadjuvante (Jeremy Irons). O prêmio de melhor ator em drama ficou com Forest Whitaker como o ditador de Uganda Idi Amin em O Último Rei da Escócia. Whitaker confirmou assim seu favoritismo, tirando das mãos de Leonardo DiCaprio o troféu ao qual foi indicado por dois filmes: Os Infiltrados e Diamante de Sangue. Tanto Helen como Whitaker tem sido apontados pela crítica como favoritos ao Oscar desde que seus filmes estrearam no final do ano passado. Cohen faz rir Meryl Streep e Sacha Baron Cohen venceram na categoria de melhor atriz e ator de comédia. Ela que é uma das atrizes mais premiadas de Hollywood, conquistou seu sexto Globo de Ouro por O Diabo Veste Prada, no papel de uma malvada editora de revista de moda. Cohen, o inglês que faz o repórter de Borat: O Segundo Melhor Repórter do Glorioso País Cazaquistão Viaja à América, que estourou nas bilheterias dos EUA fez o discurso mais engraçado da noite, agradecendo ao seu co-protagonista Kenneth Davitian por unma cena de luta sem roupa, em que ele termina em cima de Cohen, em sentido contrário, obrigando-o a respirar o ar que sai de seu traseiro. "Keneth, se não fosse por isso, eu não estaria aqui hoje", disse. Carros obteve o primeiro Globo de Ouro para um filme de animação, categoria introduzida este ano devido ao sucesso do gênero em Hollywood. O prêmio de melhor roteiro ficou com Peter Morgan, por a Rainha, que somando com o prêmio dado a Helen Mirren, ficou com dois Globos de Ouro. Warren Beatty recebeu o Cecil B. DeMille, o Globo de Ouro honorário por sua carreira, prestes a completar 70 anos de idade. Segundo em importância O Globo de Ouro é o segundo prêmio mais importante de Hollywood, e com uma cerimônia longa, de mais de três horas, é considerado uma espécie d eensaio geral para o Oscar, cujos indicados serão anunciados no dia 23. A cerimônia de premiação ocorre em 25 de fevereiro. A Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood que entrega o Globo de Ouro tem 85 membros. Cerca de 5.800 profissionais da sétima arte podem votar nos ganhadores dos prêmios da Academia. Ainda assim, o Globo de Ouro tem uma sólida história como indicadora dos ganhadores do Oscar e pode impulsionar as possibilidades de certos filmes e atores. Filmes ganhadores do Globo de Ouro como Shakespeare Apaixonado, Beleza Americana, Gladiador, Chicago, receberam os mesmos prêmios no Oscar. Nos últimos anos, os vencedores não coincidiram: em 2005, ,i>O Aviador ganhou o Globo de Ouro de melhor drama e Garota de Ouro o Oscar; no ano seguinte, O Segrego de Brokeback Mountain ganhou o Globo de Ouro e Crash o prêmio máximo da Academia. Em 2005, os atores Philip Seymour Hoffman, Reese Witherspoon, George Clooney e Rachel Weisz levaram ambos os prêmios. As indicações ao Oscar se encerraram no sábado, por isso os resultados do Globo de Ouro não podem afetar a lista de indicados da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.