<I>Amor ou Amizade</I>: uma comédia romântica

Deve haver uma fórmula. Freddie Prinze Jr. é chamado de namoradinho da América por suas comédias românticas que o transformaram em ídolo das teens dos EUA. O sucesso não é só local. A Lumire, que distribui no Brasil as comédias com Prinze Jr., produzidas pela Miramax, diz que ele é um valor seguro também no País. Seus filmes, de Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado a Ela É Demais e Louco por Você, não negam fogo entre os adolescentes brasileiros. Amor ou Amizade estréia nessa sexta em São Paulo. O filme já foi lançado no Rio e nas capitais do Sul. Sem revelar números, a Lumire diz que foi muito bem nessas praças.Fórmula? Prinze Jr. ri ao telefone e diz que não há fórmula nenhuma. A entrevista foi feita na quarta-feira. Ele estava em Los Angeles, no escritório da Miramax. Sabe que Hollywood é o maior centro mundial do cinema de fórmula, em que nada se cria, tudo se transforma, mas prefere acreditar que se os teens americanos e brasileiros o prestigiam é porque conseguem se reconhecer nos personagens que interpreta. "Faço os filmes sobre adolescentes que não existiam na minha época."Quando ele estava nos seus 18 anos (vai fazer 30), John Hughes já não fazia mais suas comédias sobre teens. "Queria ver gente com a qual pudesse me identificar, não aqueles super-heróis, gente comum, rapazes e moças com as dúvidas e inquietações próprias do período. Quando a Miramax me acenou com a possibilidade de fazer esses filmes, não vacilei. Acho que filmes sobre relacionamentos, de e para adolescentes, são uma necessidade."Acha legal (cool) que Boys and Girls, título original, esteja sendo lançado como Amor ou Amizade no Brasil. Observa que nem todo mundo tem esse privilégio, mas a amizade que vira amor ou o amor que permanece como amizade são situações e sentimentos a serem estimulados. "Em geral, as pessoas brigam, se odeiam quando termina o romance; não deveria ser assim, mas na maioria das vezes é." No filme dirigido por Robert Iscove, com quem fez Ela É Demais, Prinze Jr. interpreta Ryan. O filme começa antes que Prinze Jr. entre em cena, quando Ryan ainda é criança. Conhece Jennifer numa viagem de avião. Reencontram-se como adolescentes e depois como adultos interpretados por Claire Forlani e ele. O que era ódio à primeira vista vira uma grande amizade que, de repente, pode ser amor.Prinze Jr. não gosta de falar sobre sua vida íntima - "Manter a privacidade é necessário nesse mundo fantasioso do cinema; levar a vida privada como se fosse pública me parece um absurdo" -, mas diz que nunca viveu essa experiência da amizade que vira amor. Conta que não foi fácil convencer o diretor Iscove de que poderia ser Ryan. "Havíamos feito outro filme pouco antes, Robert achou que talvez fosse misturar as coisas na mente do público." Ryan é completamente diferente do personagem que Prinze Jr. fez em Ela É Demais. Foi o que o atraiu. "Pode ser chavão dizer isso, mas o desafio de mudar é sempre estimulante."Ele não se parece em nada com Ryan, que planeja meticulosamente cada passo de sua vida, corrige compulsivamente a gramática dos outros e, em geral, não consegue relaxar. "Eu sou mais relaxado, gosto de ficar sentado no meu canto, observando as coisas e as pessoas a uma certa distância." O fato de ser diferente do personagem foi o fator decisivo para que ele quisesse fazer o filme. "Sempre quis ter essa chance de interpretar alguém que fosse, literalmente, o meu oposto." Só que Iscove resistia. "Ele testou vários outros atores - um dia chegou à conclusão de que era natural que eu, a quem considerava extrovertido e caloroso, fizesse esse personagem arrogante e levemente reprimido."Ser o jovem galã, o príncipe encantado teen é algo que diverte Prinze Jr. Nascido e criado no Novo México, ele leva muito a sério a carreira. Acha o filme bom - e Amor ou Amizade, até por ele e Claire Forlani, é simpático. Gostaria de ousar mais, mas encontra resistência na Miramax, que acredita que não se deve mexer em time que está ganhando e prefere manter Prinze Jr., com pequenas variações, no tipo de papel que o público dele gosta. Mas o ator, volta e meia, insiste e está muito contente com um filme que fez na Warner, com estréia marcada para o ano que vem. "É um filme sobre basquete, com Denzel Washington, Summer Match; acho que você vai gostar."Amor ou Amizade (Boys and Girls). Drama. Direção de Robert Iscove. EUA/2000. Duração: 94 minutos. 12 anos

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.