Humor negro é o caminho de volta para Winona Ryder

Condenada a três anos em liberdade condicional e a prestar serviços comunitários, a atriz Winona Ryder vai voltar a fazer um filme no próximo mês. É a comédia de humor negro Eulogy, filme de estréia do roteirista e diretor Michael Clancy. É a chance para Winona dar a volta por cima, já que depois que se viu livre da cadeia entrou em depressão profunda e foi internada em uma clínica psiquiátrica. Eulogy é a história do reencontro de três gerações de uma família no funeral de seu patriarca. Winona vai contracenar com o comediante Ray Romano, famosos pelo seriado Everybody Loves Raymond, transmitido no Brasil pelo canal pago Sony. Um time de outros atores pouco famosos completa o elenco, tais como Debra Winger, Hank Azaria, Monica Potter e Rip Torn.Enquanto enfrentava o processo por roubo e vandalismo, por ter roubado o equivalente a US$ 5 mil em mercadorias de uma loja em Beverly Hills, Winona teria recebido inúmeras propostas de trabalho. Nenhum produtor, no entanto, confirmou a existência destas propostas. Mas o que se sabe é que Winona Ryder terá que mostrar muito serviço para recuperar sua imagem no mundo do cinema.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.