Hugh Grant volta às telonas depois de dois anos de ausência

Depois de dois anos de ausência, o ator britânico Hugh Grant volta a atuar no cinema, e desta vez não faz o papel do mocinho. Em American Dreamz, paródia da série da TV norte-americana American Idol, Grant faz o apresentador Martin Tweed, responsável pelo programa que leva o mesmo nome do filme. American Dreamz estreou neste último final de semana nos Estados Unidos, ficando em 8.º colocado no ranking dos campeões de bilheteria, empatado com O Plano Perfeito, de Spike Lee.O tablóide The Mirror publicou uma matéria elogiando a atuação de Grant, cujo personagem vive numa busca incessante por novas celebridades. American Dreamz satiriza os políticos e o show business norte-americanos.Grant assumiu que é fã dos reality shows, em especial Wife Swap, da ABC. "Eu acho que é sempre mais interessante assistir a vida de pessoas reais. Até os melhores atores não criam cenas tão fabulosas como as de Wife Swap", declarou o ator ao The Mirror.Hugh Grant, de 45 anos, atuou em muitos filmes de Hollywood. Despontou no cinema com Quatro Casamentos e um Funeral (1994). Um ano depois, atuou em Razão e Sensibilidade, filme do taiwanês Ang Lee baseado em romance da escritora britânica Jane Austen. E seguiu destacando-se em comédias românticas como O Diário de Bridget Jones (2001) e Simplesmente Amor (2003). Em seu último filme, Bridget Jones no Limite da Razão (2004), dividiu mais uma vez a cena com Renée Zellweger.

Agencia Estado,

25 de abril de 2006 | 16h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.