Homenagem a Almodóvar com show de Caetano, na França

A Cinemateca da França se prepara para uma homenagem a um dos cineastas mais conhecidos mundialmente, o espanhol Pedro Almodóvar. Sua obra será celebrada com uma retrospectiva que inclui uma exposição, uma sucessão de projetos e vários encontros com o diretor.A inauguração está prevista para o dia 4 de abril. Aproximadamente 400 convidados da Cinemateca e de Almodóvar estarão presentes, e o cantor brasileiro Caetano Veloso deve realizar um show, segundo informaram à EFE os organizadores do evento. Caetano e Almodóvar são amigos e o cantor brasileiro participou de cena de um de seus filmes mais recentes, Fale com Ela, cantando Cucurucucu Paloma. O filme contém ainda na trilha sonora Por Toda a Minha Vida, interpretada por Elis Regina e Tom Jobim."O cineasta espanhol é universalmente conhecido e reconhecido", declarou o diretor da Cinemateca, Serge Toubiana. "Ele não somente aceitou o convite, mas contribuiu significativamente com o projeto, trabalhando ao nosso lado com entusiasmo e rigor". Durante o lançamento de Volver, seu último filme, Almodóvar falou sobre o trabalho realizado pela Cinemateca. "É uma exposição muito ambiciosa e quero ver a reflexão que fizeram sobre meu universo, ver como espectador o que fizeram com a minha vida", declarou o diretor.A produtora El Deseo, administrada pelo irmão do cineasta, Agustín Almodóvar e responsável por quase todos os filmes do diretor, também colaborou com o projeto. "Já estão aqui quase todas as obras da casa de Pedro Almodóvar e de El Deseo, e na próxima segunda-feira esperamos receber as obras cedidas por instituições, museus, coleções privadas e galerias", disse Matthieu Orleán, um dos envolvidos com a exposição.A exposição ocupa uma área de 650 metros quadrados e exibirá todos os filmes de Almodóvar, exceto os primeiros em decorrência da má qualidade das imagens. Além de um catálogo elaborado com a colaboração de Almodóvar, a retrospectiva prevê um diálogo público entre o cineasta e seu amigo Frédéric Strauss, ex-redator chefe da revista francesa Cahiers du Cinéma. O encontro deve acontecer em 7 de abril, e a mesa redonda com Serge Toubiana e os organizadores da exposição no dia 13.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.