"Homem-Aranha" consolida carreira de Kirsten Dunst

A estrela de produções pequenas, como o drama As Virgens Suicidas e a comédia Teenagers - As Apimentadas (muito melhor do que o título infeliz sugere), está acostuma com as críticas positivas para suas atuações. Com os dois filmes mais recentes de Kirsten Dunst nãofoi diferente. No independente The Cat´s Meow, de PeterBogdanovich, ela foi elogiada por sua intepretação da atriz dosanos 20 Marion Davis. Em Homem-Aranha, é um dos destaques doelenco como a personagem de história em quadrinhos Mary JaneWatson, apaixonada pelo super-herói e objeto do desejo de seualter ego Peter Parker.O papel em um dos maiores blockbusters da história de Hollywoodé o ponto alto - até agora - de uma carreira consistente quecomeçou aos 3 anos e já tem vários momentos memoráveis: o papelde uma prostituta teen no seriado de TV ER (PlantãoMédico), a verdadeira responsável por descobrir o escândalo deWatergate na comédia política Dick e, claro, uma love storycom Brad Pitt, em Entrevista com o Vampiro, quando tinha 10anos.Em entrevista para a imprensa estrangeira no hotel Four Seasons,em Beverly Hills, a atriz falou da "química"com Tobey Maguire, outros "bonitões" com quemgostaria de contracenar, os rumos de sua carreira e até as dificuldades de atrizes maduras de encontrar papéis interessantes na indústria do cinema. "Algum dia Hollywood ainda vai me chamar para fazer o papel da mãe do BradPitt!"Você conhecia o "Homem-Aranha" das histórias em quadrinhos?Kirsten Dunst - Eu nunca li HQs quando era pequena, estava maisinteressada nas coisas "de menina". Mas eu acho que esse filmeé bem "de menina" de uma certa maneira, por causa da lovestory e da possibilidade de a gente se conectar com ospersonagens em um nível muito emocional. O que faz com que ofilme funcione é que ele está baseado na realidade e a genteconhece bem os personagens. Sam (Raimi) e eu queríamos umsuper-herói também para as meninas. Mary Jane tem sua própriatrajetória no filme, de aceitar a si mesma e ganhar confiança.No início, ela está muito perdida, namorando os garotos erradose sem muita idéia do que fazer com a vida. No final, ela está nocaminho de virar uma mulher adulta. É uma boa base para opróximo filme.Como foi a preparação física para as seqüências de ação dofilme?Eu não treinei muito. Acho que eles não queriam meassustar. No dia anterior ao início das filmagens, por apenasuma hora, eles me colocaram no ar e fizeram eu cair de váriasalturas. Deu medo! No começo foi difícil, especialmente paraquem tem medo de altura. E eu não sou muito fã, reconheço.Depois eu me acostumei, menos com os cabos de segurança, porquesão muito justos, machucam as pernas. Dói um pouco. Não soumesmo uma garota de filme de ação, reclamo o tempo todo(risos).No filme você tem três namoradosEu sei, eu sei. Mas alguns são uns idiotas, como oFlash. Eu realmente acho que ela não tem uma imagem femininapositiva em sua vida, daí namorar os sujeitos mais populares daescola para ser aceita. Eu não namoro muito, mas com certeza nãoficaria com um Flash.Você é atriz desde criança. Como conseguiu desenvolver suacarreira?Eu comecei tão cedo e é realmente difícil não se perderno caminho. Muitas atrizes não conseguem fazer a transição, maseu fui abençoada com os filmes a as oportunidades que tenhoconseguido. Consegui mudar de atriz infantil para adolescente,agora começo a fazer papéis mais adultos também. Acho que tudodepende das escolhas que a gente faz, de pegar papéis bemdiferentes.Você tem vergonha de alguma coisa que fez em sua carreira deatriz?Eu estou nessa vida desde os 3 anos. Já fiz mais de 70comerciais e muitos deles eu gostaria de manter esquecidos(risos). Um dos mais esquisitos foi uma boneca da qual eu fiz oanúncio. Uma boneca grávida! Que fazia propaganda de gravidezpara meninas! Era tão pouco saudável. Não durou muitotempo.Você está com 20 anos. Que caminho acha que sua carreira vaitomar daqui para a frente?Estou muito feliz com a posição em que a minha carreiraestá neste momento. Estou muito confiante, tive várias mudançasno últimos tempos, todas muito boas. Tenho conseguido muitasoportunidades novas recentemente. Eu me sinto muito abençoadanesta indústria porque as pessoas não me vêem como apenas umagarota. Eu tenho uma variedade de roteiros para ler, me sintomuito respeitada. Com 20 anos, ainda consigo me dar bem empapéis de adolescentes e já comecei a fazer algumas personagensadultas.Está namorando alguém?Não, estou ocupada agora, sou uma mulher louca! (risos)Mesmo que eu tivesse, não ia contar para vocês.O teste que você fez para o papel, com Tobey Maguire,impressionou a equipe.Com alguns atores com quem você trabalha dá certo, é umpouco mais mágico, funciona melhor, a química está lá. É parteda magia do cinema, juntar as pessoas. E depois Hollywood quercolocar vocês juntos em todos os filmes. A gente se deubem, ele é um ótimo ator.Muitas atrizes reclamam dos papéis femininos em Hollywood,principalmente para mulheres mais velhas. O que acha dasituação? Eu acho que cada um tem seu próprio caminho e suaspróprias opiniões. Pessoalmente, acho que estou em um ponto daminha carreira em que quero ser representada como uma atriz deintegridade, uma protagonista de classe. Outras pessoas queremir em direções diferentes e eu respeito isso. É a escolha delas.Eu acho, para mim, que é importante ter longevidade nestaindústria, fazer trabalhos diversificados e representar a mimmesma com classe. Quanto a papéis para atrizes mais velhas, érealmente difícil. Não há tantas personagens tão boas. Se vocêestá um pouquinho enrugada, está fora. Algum dia Hollywood ainda vaime chamar para fazer o papel da mãe do Brad Pitt!Daqui para a frente você vai fazer a transição para filmes degrande orçamento ou ainda pretende fazer produçõesindependentes?É importante misturar um pouco. Às vezes os bonsroteiros estão nos grandes filmes, às vezes nos filmes pequenos.Para mim, é importante fazer filmes que me toquem, histórias queeu ache que devem ser contadas. Filmes como este podem intimidarum pouco. O set é de uma gradisiodade tamanha que a gente podeficar assustado. Tinha até turistas! Gosto da intimidade do setde uma produção pequena como The Cat´s Meow, mas acho que agente conseguiu o melhor que podia em Homem-Aranha.Como acha que sua vida vai mudar a partir de agora?Tanta gente vai passar a saber quem eu sou! No mundointeiro, gente que não tinha visto meus filmes anteriores. É umoutro nível, que talvez renda novas oportunidades nestaindústria. Vou dar um pouquinho mais da minha vida pessoal, mas tento não me concentrar nos aspectos negativos da coisa.Depois de trabalhar com Brad Pitt, com que outros "galãs" vocêgostaria de contracenar no cinema? Ele de novo?Hum, acho que ele está um pouco velho para mim. Achomeio esquisito colocar um cara de quase 40 anos com uma meninade 20. Sei lá. Eu gostaria de trabalhar com Johnny Depp. Ok, seique ele também é mais velho, mas é tão sexy! Exceção à regra!Joaquin Phoenix também. Paul Bettany ainda vai ser muito famoso.Há muitos "bonitões" com quem eu gostaria de trabalhar. Emuitos outros que não conseguem atuar, mas não vou entrar emdetalhes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.