REUTERS/Reuters TV
REUTERS/Reuters TV

Homem acusado de roubar Oscar de Frances McDormand será solto

Terry Bryant vai responder ao processo em liberdade, mas diz ser inocente das acusações

Andrew Dalton, AP

08 Março 2018 | 10h36

LOS ANGELES — Um advogado do homem acusado de roubar o Oscar de Frances McDormand disse na quarta-feira, 7, que ele e seu cliente planejam "resistir agressivamente" contra as alegações.

O advogado Daniel Brookman reconheceu que o suspeito Terry Bryant pode ser visto num vídeo da AP com a estatueta de McDormand, mas que aquelas imagens não são provas de um roubo grave.

"Há uma grande diferença entre segurar um Oscar e ser acusado assim", disse Brookman ao lado do fórum onde Bryant estava detido e se declarou inocente.

A juíza da Corte Superior de Los Angeles, Deborah Brazil, decidiu que Bryan, de 47 anos, não era um risco para a sociedade e que aguardaria julgamento em liberdade.

Ele pode pegar três anos de prisão se for condenado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.