Hollywood tem maior faturamento de sua história

O Natal começa com o pé direitoem Hollywood, que termina 2002 com o melhor faturamento de suahistória, apesar da crise econômica nos Estados Unidos. Um dosfilmes mais aguardados deste ano, O Senhor dos Anéis: As DuasTorres, entrou em cartaz na quarta-feira com um faturamentorecorde de US$ 26 milhões em apenas um dia nos Estados Unidos: a melhor marca detodos os tempos para o mês de dezembro. No fim das contas, os estúdios contabilizam umaarrecadação total de US$ 9,1 bilhões este ano, 10% a mais do quea do ano passado, que também foi muito boa. Foram vendidos cercade 1,57 bilhão de ingressos de cinema na América este ano. O aumento no preço dos ingressos foi de 3,5%, em média,o que significa que houve mesmo um crescimento significativo dopúblico. As bilheterias ficaram cheias por conta de uma série degrandes hits nas telas, a começar por Homem-Aranha. O filmede Sam Raimi, estrelado por Tobey Maguire, faturou US$ 404milhões apenas nos cinemas americanos. Para 2004, o super-herói promete repetir a dose. Umaseqüência da fita vai começar a ser rodada no início de 2003.Homem-Aranha, lançado pela Columbia Pictures, garantiu a suacontroladora, a Sony Pictures, a maior fatia na bilheteria de2002: cerca de US$ 1,5 bilhão apenas no mercado americano. As franquias tiveram um papel importante nas contas deHollywood este ano. O Senhor dos Anéis: As Duas Torres dásinais de que vai fazer ainda mais dinheiro do que o filmeoriginal, O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel. A fita doano passado arrecadou US$ 303 milhões na América ? US$ 860milhões em todo o mundo. Outra continuação importante foi Episódio 2: O Ataquedos Clones, o quinto filme da série Guerra nas Estrelas. Aficção científica de George Lucas fez US$ 310 milhões noscinemas dos Estados Unidos e do Canadá. Outro faturamento altofoi o de Harry Potter e a Câmara Secreta, que ainda está emcartaz. A fita tem repetido o sucesso de Harry Potter e aPedra Filosofal, do ano passado. A maior surpresa de 2002 foi o hit independenteCasamento Grego. A produção, que custou US$ 5 milhões,faturou US$ 215 milhões nas telas dos Estados Unidos. O filme,que ainda está em cartaz, estreou no final de abril e aos poucosconquistou o público e a mídia com o melhor boca-a-boca dosúltimos tempos. A responsável pelo hit é Nia Vardalos,roteirista e estrela de fita, que teve produção de Tom Hanks esua mulher, Rita Wilson. Para as próximas semanas, os números ainda devem serótimos. Uma série de filmes importantes vai entrar em cartaz atéa virada do ano, como Gangues de Nova York e Prenda-Me SeFor Capaz, ambos com Leonardo DiCaprio, que provou seu poderde atrair o público feminino em Titanic. Na última semana de2002, os possíveis candidatos ao Oscar também têm de estar nastelas de Nova York e Los Angeles, pelo menos, para poderconcorrer ao prêmio em 25 de março.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.