Hollywood se recupera e bate recordes

A indústria cinematográfica americana fechou o ano de 2001 com aumento do número de ingressos vendidos e de freqüentadores das salas de exibição. De acordo com reportagem do jornal The Washington Post, os ingressos vendidos subiram 8,5% em relação a 2000 e renderam US$ 8,35 bilhões. O número de espectadores subiu 5%, o primeiro aumento desde 1998.Os dados foram levantados junto à empresa Exhibitor Relations, responsável pelo levantamento do volume de dinheiro movimentado pela indústria do cinema nos Estados Unidos. Outra empresa, que registra os números da indústria cinematográfica, a ACNielsen EDI, diz que o preço do ingresso nos EUA, que aumentou no ano passado, tem influência sobre as estatísticas, mas reconhece que os resultados surpreenderam.Os números contrariam a maioria das expectativas. Após os ataques terroristas de 11 de setembro, executivos de Hollywood se preocuparam com possíveis quedas de audiência nos cinemas. "Mas as pessoas precisavam de um descanso, e foram aos cinemas", explicou ao jornal Dan Fellman, presidente de distribuição da Warner. Os resultados positivos de 2001 parecem trazer de volta algum otimismo ao meio cinematográfico americano. Especialistas já acreditam numa maior disposição dos estúdios para gastar com novas produções.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.