Mario Anzuoni/Reuters
Mario Anzuoni/Reuters

Hollywood: O que é preciso fazer para ter o nome na Calçada da Fama

Se a indicação for aceita pelo comitê, é preciso pagar US$ 50 mil pela estrela

Carla Menezes, Especial para O Estado de S. Paulo

03 de novembro de 2019 | 07h00

Foto 3x4. Qualificações. Número de telefone. E-mail. Data de nascimento. Lista de trabalhos voluntários realizados. Não, isso não é uma lista de informações que devem constar em um currículo para concorrer a uma vaga de emprego. Esses são alguns dos dados que devem ser preenchidos no formulário que as estrelas de Hollywood fazem para conseguir uma estrela na Calçada da Fama.

No entanto, celebridades como Anne Hathaway, David Bowie, Reese Whiterspoon, Drew Barrymore, Harrison Ford, Marilyn Monroe e Marlon Brando tiveram que passar por um processo seletivo um pouco mais criterioso que o de uma vaga de emprego. O primeiro passo é a indicação, feita via formulário. O preenchimento pode ser feito por um estúdio de cinema, uma gravadora, a agência de relações públicas ou, até mesmo, por um fã. Mas calma: não corra para indicar o seu artista favorito. Ainda não. É que o documento precisa ser assinado pelo homenageado ou por um representante.

Tudo isso porque, se a indicação for aceita, é necessário pagar uma bagatela de US$ 50 mil pela estrela, que é feita de granilite e bronze. O valor cobre os custos de confecção e manutenção da própria estrela, além de viabilizar a cerimônia de recebimento da homenagem. O valor pode ser pago por qualquer um dos envolvidos na indicação.

Um dos casos mais famosos de financiamento de estrelas é o do cantor e parodista ‘Weird Al’ Yankovic. A homenagem foi paga por fãs que passaram quinze anos enviando formulários para a indicação dele. Para arrecadar o valor necessário, fizeram crowdfunding, venderam camisetas e adesivos.

Você pode até pensar que o processo é simples, que basta ter os US$ 50 mil. Não é bem assim. Depois do envio do formulário, o documento se torna apenas mais um papel no meio de outros 299. Em média, 300 nomes de personalidades de cinco categorias da indústria do entretenimento – Cinema, Televisão, Música, Teatro e Rádio – são indicados por ano.

É preciso ter pelo menos cinco anos de atuação na indústria, ter contribuído de alguma forma para a sociedade e a garantia de que a celebridade participará da cerimônia de revelação da estrela. Esse último requisito surgiu quando o cantor Bruce Springsteen marcou a data de sua homenagem e não apareceu. Estrelas póstumas também podem ser concedidas.

O comitê que avalia esses nomes é formado por uma pessoa que atua em cada uma das cinco categorias. Eles se reúnem uma vez por ano, em junho, para definir os homenageados do ano seguinte. A lista de artistas que serão imortalizados na Hollywood Boulevard e na Vine Street de Los Angeles no ano que vem foi divulgada em agosto. Desta vez, 35 novas estrelas serão acrescentadas à constelação da capital da Califórnia. Nessa lista, estão artistas como Julia Roberts, Chris Hemsworth, Alicia Keys e Octavia Spencer.

Mas a calçada não homenageia apenas pessoas reais. Na lista de personalidades fictícias, estão personagens como Alvin e os Esquilos, Sininho, Pato Donald, Minnie e Mickey Mouse, Shrek, Ursinho Pooh e o Pica-Pau. Apenas uma princesa da Disney tem um espaço na calçada mais famosa do mundo: a Branca de Neve. O próximo personagem a ser homenageado será o Batman, que está na lista da “classe” de 2020.

Entre as estrelas inusitadas, estão ainda: a Missão Apollo XI, que levou os primeiros homens à Lua, as angels da Victoria’s Secret e o jornal Los Angeles Times. Apenas uma brasileira tem seu nome na Calçada da Fama: Carmen Miranda. Apesar de ter nascido em Portugal, a atriz se naturalizou no País. Ela fez parte da primeira turma de homenageados e teve sua estrela revelada na inauguração do local, em fevereiro de 1960.

O boxeador Muhammad Ali, apesar de ter sido um atleta, tem uma estrela por ser considerado um artista – ele foi indicado para dois Grammys na categoria Melhor Álbum Falado. Por um pedido dele, a estrela não fica no chão: foi colocada na parede. Ele deixou claro, ao aceitar a homenagem, que não queria que as pessoas pisassem no nome dele.

Celebridades como Leonardo DiCaprio, Carrie Fischer, Prince, Brad Pitt e Angelina Jolie ainda não têm seus nomes cravados na Hollywood Boulevard. E não se sabe se eles já chegaram a ser indicados ou não.

Tudo o que sabemos sobre:
Hollywoodcinema

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.