Hoje, nos cinemas, Boa Noite e Boa Sorte

Quando apresentou seu filme "BoaNoite e Boa Sorte" no Festival de Veneza, George Clooney fezquestão de dizer que se tratava de uma homenagem a seu pai. NickClooney era um conhecido jornalista em Cincinnati, Ohio, e, comoa maioria dos seus colegas, nutria uma admiração sem limites porEdward R. Murrow, o famoso apresentador de TV que, na época dacaça às bruxas, se notabilizou por enfrentar o poderoso senadorJoseph McCarthy. O que, naquele tempo, não fazia nada bem para asaúde e sobretudo para a carreira de um profissional. Murrow,interpretado por David Strahairn, é o herói de Boa Noite e BoaSorte. Murrow veio da era do rádio e, com suacobertura da 2.ª Guerra Mundial, diretamente da Europa, em ondascurtas, tornou-se personalidade pública. O título é a tradução literal da expressão usada porMurrow para se despedir dos espectadores. No inglês, Good Night,and Good Luck, usa-se a vírgula, porque o jornalista fazia umapequena pausa depois do "Boa Noite". O detalhe é significativo, por mostrar o grau de minúcia colocado por Clooney em seu filme. Todas as falas do filme foram ditas naquela época pelo Murrow real. Aliáso ambiente criado lembra mais um documentário minucioso do queum trabalho de ficção. A começar pela reprodução dos estúdiosesfumaçados de uma rede de televisão dos anos 50, quando todomundo usava terno, gravata e fumava, e terminando pelautilização de trechos documentais com o próprio McCarthy em cenaNo filme, imagens reais de McCarthy Na entrevista, perguntaram a Clooney por que havia usadoimagens reais do senador e não um ator para interpretá-las.Respondeu: "E quem mais poderia fazer um McCarthy tãoconvincente quanto ele próprio?" A ironia é fina e, se num filmetão sóbrio não existe espaço para caricaturas, Clooney tambémnão faz questão de esconder de que lado fica. "Era uma épocatriste, em que bastava alguém ser suspeito para que fossecondenado", disse. Bem, como Clooney sabe, aquela "época triste"não faz inteiramente parte do passado. Retorna, isso também eledisse, a cada vez que um país se sente muito ameaçado e entãoparece disposto a abrir mão da liberdade democrática em troca dasegurança. Isso também nós sabemos. Mas Clooney sempre se recusa a fazer uma ligação muitodireta entre a época do presidente Truman, quando McCarthyimperava no Comitê de Atividades Antiamericanas, e a atual, sobGeorge W. Bush. Limita-se apenas a lembrar, e com toda adiscrição possível, de um caso exemplar. Um caso de decência, decoragem pessoal, mas também de patifaria e perseguição.O acontecimento particular no quadro geral da caça às bruxas foio afastamento de um piloto da Força Aérea, Milo Radulovich,acusado de ser espião comunista. Radulovich foi uma espécie deDreyfuss americano, e Murrow, o seu Zola. Como o escritorfrancês defendeu o oficial acusado de traição em seu artigo"J?Accuse, Murrow" abriu espaço em seu programa para questionara legitimidade da perseguição a Radulovich. McCarthy sentiu-sedesafiado em sua autoridade e, claro, acusou Murrow de ser, elepróprio, um criptocomunista, quer dizer, um vermelho no armário. Murrow não teve um minuto de dúvida. Abriu seu talk showSee It Now a McCarthy e debateu ao vivo com o senador. Muitagente considera essa exposição pública de McCarthy como o iníciodo seu fim. É mais provável que o declínio de um personagem tãopoderoso se deva a mais de um fator. Mas - e isto o filme mostracom clareza - certamente a exposição dos seus métodos detrabalho pela TV pode ter contribuído para enfraquecê-lo. Foi umato de coragem, e de dignidade, de um jornalista livre, e queprecisou enfrentar muita pressão, tanto da direção da CBS quandode anunciantes, para levá-lo até o fim. Da mesma forma, o filmemostra, ainda uma vez, quanto uma imprensa livre e independentepode exercer uma função saneadora na vida pública. Era isto queClooney queria fazer e o fez bem.Boa Noite e Boa Sorte (Good Night, and GoodLuck, EUA-Jap-Fr-Ing/2005, 93 min.). Drama. Dir. George Clooney.14 anos. Bristol 4 - 12h50, 15h10, 17h20, 19h30, 21h40 (6.ª esáb. também 23h50). Espaço Unibanco 3 - 14h, 16h, 18h, 20h, 22h(3.ª não haverá 20h, 22h). Jardim Sul 7 - 17h50, 19h50, 21h50 (6ª e sáb. também 23h50). Market Place Playarte 1 - 13h30, 15h30,17h30, 19h30, 21h30 (6.ª e sáb. também 23h40). PátioHigienópolis 1 - 15h10, 17h40, 19h50, 22h (6.ª e sáb. também0h15; sáb. e dom. também 13h). Reserva Cultural 1 - 14h, 15h50,17h40, 19h30, 21h20. Unibanco Arteplex 3 - 14h, 16h, 18h, 20h,22h (sáb. também 0h). Cotação: Ótimo

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.