'Hoje Eu Quero Voltar Sozinho' é escolhido do Brasil para tentar indicação ao Oscar

'Hoje Eu Quero Voltar Sozinho' é escolhido do Brasil para tentar indicação ao Oscar

O filme agora aguarda para saber se estará entre os indicados ao principal prêmio do cinema mundial

REUTERS

18 Setembro 2014 | 12h01

O filme "Hoje Eu Quero Voltar Sozinho", do diretor Daniel Ribeiro, foi escolhido entre 18 longas nacionais para ser o representante do Brasil na busca por uma vaga entre os indicados ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 2015, anunciou o Ministério da Cultura nesta quinta-feira.

"Hoje Eu Quero Voltar Sozinho", primeiro longa-metragem de Ribeiro, foi escolhido por uma comissão especial formada por cinco especialistas na área. O filme agora aguarda para saber se estará entre os indicados ao principal prêmio do cinema mundial, que será entregue em fevereiro do ano que vem, em Los Angeles.

A última vez que o Brasil teve um filme indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro foi em 1999, com "Central do Brasil". Também concorreram prêmio "O Pagador de Promessas" (1963), "O Quatrilho" (1998) e "O Que É Isso Companheiro?" (1998).

Em "Hoje Eu Quero Voltar Sozinho", Leo (Guilherme Lobo) é um adolescente cego que está descobrindo o mundo e a si mesmo.

Sua melhor amiga é Giovana (Tess Amorim), com quem convive há anos e o ajuda em qualquer dificuldade. Mas a chegada de um novo garoto na escola, Gabriel (Fabio Audi), muda tudo na vida dos dois - especialmente os sentimentos.

O filme parte do curta "Eu Não Quero Voltar Sozinho", premiado em diversos festivais, entre eles Paulínia, Mix Brasil e Aruanda. Já o longa estreou no Festival de Berlim, de onde saiu com o Fipresci (Prêmio da Crítica Internacional) e o Teddy Bear (que premia filmes com temática ou personagens GLBT).

Mais conteúdo sobre:
FILME BRASIL OSCAR HOJEVOLTARSOZINHO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.