Sarah Dunn/ Empire Magazine/ Reprodução
Sarah Dunn/ Empire Magazine/ Reprodução

Hobbits de 'Senhor dos Anéis' falam sobre amizade após fim da trilogia

Elijah Wood, Dominic Monaghan, Sean Astin e Billy Boyd foram entrevistados pela revista 'Empire'

estadão.com.br,

28 de outubro de 2011 | 15h28

SÃO PAULO - Dez anos depois de o lançamento do primeiro filme de O Senhor dos Anéis, os atores que interpretaram os hobbits na adaptação da obra de J.R.R. Tolkien se reuniram para uma sessão de fotos e entrevistas para a revista Empire.

 

Elijah Wood, Dominic Monaghan, Sean Astin e Billy Boyd, que interpretaram Frodo, Merry, Sam e Pippin na trilogia, falaram sobre como a amizade firmada no set de gravações dos longas - filmados de uma só vez - persiste até hoje. "Quando você experimenta algo tão intenso e que define a sua vida como fizemos juntos, isso nunca acaba", diz Sean Astin.

 

"Ninguém precisa dizer mais que uma sílaba no telefone pra você saber quem é. Basta apenas o menor som da voz de alguém", conta Astin. Para Billy Boyd, a amizade entre eles é como de seus personagens nos filmes de Senhor dos Anéis. "Eu lembro da última cena que nós gravamos, e tinha que ser da gente no bar", diz. O ator revelou que o diretor questionou o que os quatro estariam fazendo se fosse na vida real para gravar o final do terceiro longa da saga.

 

Com as filmagens de O Hobbit, com lançamento no final do ano que vem, apenas Wood entre os quatro voltou ao set, ao lado de Ian McKellen, Cate Blanchett e Orlando Bloom. Sobre o retorno ao personagem Frodo, o ator comentou: "Eu esperava que seria realmente surreal, retornar àquele guarda-roupa e me vestir novamente, e foi. Mas isso também me fez sentir normal, como se estivesse dentro da minha estrutura óssea.

 

Durante os anos que se passaram desde o fim da saga, o elenco se envolveu em outros projetos na TV e no cinema.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.