'High School Musical 3' e 'Jogos Mortais 5' lideram bilheterias

Em um dos duetos mais incomuns nas bilheterias dos EUA, musical teen supera 5º episódio da série de horror

Dean Goodman, da Reuters,

08 de outubro de 2027 | 10h26

Em um dos duetos mais incomuns nas bilheterias norte-americanas, um romântico musical teen da Disney superou o quinto episódio da sangrenta série de horror Jogos Mortais. High School Musical 3 - Ano da Formatura, o primeiro filme da popular franquia da Disney feito para a tela grande (os dois primeiros foram feitos para a TV), vendeu US$ 42 milhões em ingressos em seus três primeiros dias em cartaz. A estréia marcou um novo recorde para um musical, superando os 27,8 milhões da abertura de Mamma Mia!, em julho.   Veja também: Trailer de 'High School Musical 3' Jogos Mortais 5 estreou com US$ 30,5 milhões, valor comparável ao dos três filmes anteriores da franquia. O público poderá esperar a continuidade das duas franquias. A dupla improvável de filmes elevou as bilheterias do fim de semana para o nível mais alto em dez semanas. Os 12 filmes de maior bilheteria renderam juntos US$ 120 milhões, um aumento de 40% em relação ao fim de semana passado e ao mesmo fim de semana de 2007. Mas nem todas as notícias das bilheterias foram boas. O drama policial Pride and Glory, com Edward Norton e Colin Farrell, estreou na quinta posição, com apenas US$ 6,3 milhões vendidos. É o segundo fracasso comercial consecutivo para a Warner Bros., após Rede de Mentiras, com Russell Crowe e Leonardo DiCaprio, que estreou há duas semanas. Já a Disney vem passando por uma fase boa, primeiro com Perdido Pra Cachorro, três semanas atrás, e agora com High School Musical 3. O musical estreou também em 19 mercados internacionais e foi número um em todos, liderado pelo Reino Unido, com US$ 13 milhões em vendas. O campeão das bilheterias do fim de semana passado, Max Payne, com Mark Wahlberg, caiu para o número três no ranking, com vendas de US$ 7,6 milhões e total de 29,7 milhões acumulados em dez dias em cartaz.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.