Helen Mirren tem tudo para reinar no Oscar

Meryl Streep e Judi Dench mostraram as garras. Kate Winslet tirou a roupa, e Penelope Cruz usou enchimento para aumentar seu traseiro. Mas tudo indica que será Helen Mirren, com seus comportados cachos grisalhos, que vai reinar na noite do Oscar.A performance de Mirren no papel da rainha Elizabeth em A Rainha vem valendo à atriz britânica os maiores elogios de seus 40 anos de trabalho no teatro, cinema e televisão, e ela está sendo vista como favorita para o Oscar, que poderá somar-se aos mais de 15 outros troféus que a atriz já tem em sua estante."Helen Mirren já recebeu praticamente todos os prêmios anteriores ao Oscar", disse Tom O´Neil, colunista do site www.TheEnvelope.com. "Vem ocorrendo uma unanimidade rara, algo que quase sempre resulta em uma vitória na noite do Oscar. Não existe concorrente séria para seu lugar."Paixão pela rainhaA julgar pelo que diz a atriz, é a própria rainha Elizabeth por quem o público se apaixonou, e não o retrato humanizador que ela fez da reservada monarca britânica durante a onda extraordinária de emoção pública que se seguiu à morte da princesa Diana, em 1997."Acho que vocês se apaixonaram por ela, não por mim. Eu apenas tentei mostrar a rainha com a maior fidelidade possível", disse Mirren quando dedicou à rainha Elizabeth o Globo de Ouro que recebeu em janeiro.Na cerimônia de 25 de fevereiro, Mirren vai competir pelo Oscar de melhor atriz com a 14 vezes indicada Meryl Streep, que recebeu um Globo de Ouro pelo papel de tirânica editora de revista de moda em O Diabo Veste Prada; a beldade espanhola Penelope Cruz, que faz o papel da mãe de uma garota que sofreu abuso sexual, em Volver; e duas outras atrizes britânicas, Kate Winslet pelo drama sobre adultério Pecados Íntimos e Judi Dench pelo thriller psicológico Notas Sobre um Escândalo. Tchau, mocinhas!Se for vitoriosa, Helen, 61 anos, levará para casa seu primeiro Oscar e entrará para o time reduzido das atrizes de mais de 50 anos que já receberam o prêmio, numa cidade em que mulheres de mais de 35 anos muitas vezes são desprezadas, vistas como "passadas do ponto.""Apenas uma mulher de mais de 50 anos recebeu um Oscar nos últimos 15 anos: Judi Dench, que ganhou como melhor atriz coadjuvante por Shakespeare Apaixonado, disse o colunista O´Neil. "Os eleitores do Oscar são homens mais velhos, loucos por garotas jovens, que tratam a disputa pelo prêmio de melhor atriz como se fosse um concurso de beleza."Helen Mirren já se mostrou hábil em superar a questão da idade. Em A Rainha ela franze os lábios e envelhece 20 anos, deixando para trás sua imagem de mulher sensual de cabelos grisalhos, mas que gosta de piadas maliciosas e já apareceu nua em mais de uma dúzia de filmes, incluindo As Garotas do Calendário, quando tinha 58 anos.CarreiraHelen tem uma carreira longa no teatro e televisão britânicos, desde Antony and Cleopatra (Antônio e Cleópatra), de Shakespeare, até o papel de durona inspetora de polícia no seriado Prime Suspect.Apesar de ter sido casada por dez anos com o diretor americano Taylor Hackford e de ter sido indicada ao Oscar duas vezes na categoria de melhor atriz coadjuvante, seu perfil sempre foi mais baixo em Hollywood.Mas isso está mudando graças ao sucesso de crítica de A Rainha - fortalecido pelo fascínio que os americanos nutrem pela realeza britânica - e também à performance premiada de Helen na produção televisiva sobre a rainha Elizabeth I.Helen Mirren pode ter passado boa parte do ano passado usando coroa na cabeça, mas ela deixa claro que não sente nenhum desejo de ser tratada como realeza."Ganhando ou perdendo, a bolha vai estourar e vou voltar à realidade normal do trabalho", disse ela à Reuters em entrevista no mês passado. "Honestamente, eu me sinto mais feliz quando estou numa fria sala de ensaios, tomando chá num copo plástico".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.