Anna Watts/The New York Times
Anna Watts/The New York Times

Harvey Weinstein testa positivo para o novo coronavírus na prisão, segundo site

O ex-produtor condenado por estupro e assédio teve o diagnóstico revelado por um oficial de Estado

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de março de 2020 | 19h13

O ex-produtor cinematográfico Harvey Weinstein foi diagnosticado com o novo coronavírus, de acordo com o site Deadline. Recentemente, ele foi condenado a 23 anos de prisão por dois casos de estupro e assédio sexual. O resultado de seu teste teria sido confirmado por um oficial do Estado mericano.

No entando, o Departamento de Correções do Estado de Nova York não respondeu ao questionamento, bem como a equipe de assessoria de Weinstein. "Nossa equipe não ouviu nada sobre isso ainda. Eu não posso te dizer o que eu não sei", disse o assessor ao Deadline.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.