Eduardo Muñoz alvarez/AFP
Eduardo Muñoz alvarez/AFP

Harvey Weinstein é acusado de agressão sexual por terceira mulher

Ele já enfrenta na justiça duas acusações de estupro e abuso sexual

AFP

02 Julho 2018 | 13h46

Um grande júri de Nova York acusou o produtor de cinema Harvey Weinstein por uma nova denúncia de agressão sexual por parte de uma terceira mulher, em um caso que remonta a 2006, anunciaram os promotores nesta segunda-feira, 2.

++ Relembre o caso Weinstein

++ Harvey Weinstein se declara inocente de acusações de estupro e abuso sexual

O antes todo-poderoso magnata, que já enfrenta acusações de estupro e agressão sexual contra outras duas mulheres, foi acusado com três novas queixas, pelas quais poderá ser condenado à prisão perpétua, afirmou o promotor do distrito de Manhattan, Cyrus Vance.

Em audiência no tribunal do distrito de Manhattan, em Nova York, no início de junho, Weinstein se declarou inocente das duas acusações, uma de estupro e uma de abuso sexual, contra ele.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.