Harry Potter estréia em 8,2 mil telas nos EUA

Harry Potter e a Pedra Filosofal estréia amanhã em um número recorde de cinemas nos Estados Unidos. O filme do estúdio Warner Bros. foi distribuído para 3.672 cinemas americanos, número que inclui vários multiplexes. O número de telas em que o filme vai ser exibido depende dos donos dos cinemas, mas a expectativa é de que a fita passe em 8,2 mil telas, outro recorde em Hollywood.Pelo menos um cinema dos Estados Unidos começa a "pottermania" nesta madrugada. O Senator Theatre, de Baltimore (Maryland), tem sua primeira sessão do filme à 0h01 de sexta-feira. O estúdio deixou a critério dos cinemas exibir ou não o filme já na madrugada de sexta-feira.Quando Harry Potter e o Cálice de Fogo (o quarto livro da série) foi lançado em julho de 2000, milhares de crianças fizeram fila nas portas das livrarias para comprar a obra logo à meia-noite, quando muitas lojas abriram especialmente para festas "Harry Potter".O estúdio Warner Bros. anunciou que o web site do filme é um dos maiores sucessos da história de Hollywood na Internet. Desde que foi lançada em fevereiro, a página já teve 25 milhões de visitantes. Atualmente o tráfego é de cerca de 2 milhões de visitantes por semana. A transmissão pelo web site da pré-estréia do filme em Londres, duas semanas atrás, foi vista por fãs em 40 países.Ilustrações devem faturar alto em leilãoA arte gráfica original feita para um dos livros da série Harry Potter deve faturar uma fortuna em um leilão na Inglaterra. Três aquarelas de Cliff Wright que ilustram o livro Harry Potter e a Câmara Secreta devem arrecadar até US$ 70 mil em um leilão marcado para 6 de dezembro em Londres. Apenas a imagem da capa deve ser vendida por mais de US$ 40 mil, de acordo com a casa de leilões Christie´s. A aquarela da capa de Harry Potter e a Pedra Filosofal, o primeiro livro da série, foi leiloada algum tempo atrás e faturou US$ 120 mil. As pinturas foram feitas em 1997.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.