Divulgação
Divulgação

Harry Potter e as Relíquias da Morte não será exibido em 3D

Warner Bros. não aprovou resultado final da conversão

Estadão.com.br, com informações da AP

08 de outubro de 2010 | 17h33

A Warner informou nesta sexta-feira (8) que o novo filme da saga Harry Potter não será mais exibidos em 3D. O estúdio não conseguirá converter Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1 antes da estreia, no dia 19 de novembro.

A Warner explica que "apesar dos esforços, não conseguiu uma versão de qualidade a tempo". "Não queremos desapontar os fãs que tanto esperaram pelo fim desta extraordinária jornada", diz o comunicado oficial divulgado hoje. O filme deve ser exibido em salas de cinema IMAX e tradicionais, sem o efeito. No entanto, a promessa da segunda parte do fim da saga em 3D, que deve estrear em 15 de julho do ano que vem, continua mantida.

O diretor David Yates demonstrou apoio. "A decisão, que nós apoiamos completamente, confirma o fato de que a Warner Bros. Coloca sempre a qualidade em primeiro lugar".

Uma conversão parecida de Duelo de Titãs, que estreou recentemente, suscitou críticas de fãs e pode ter contribuído para a desistência.

Tudo o que sabemos sobre:
Harry PotterRelíquias da MorteWarner

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.