"Harry Potter" confirma expectativa e vira hit na tela

Como todo mundo esperava, foi a maiorestréia de um filme na história de Hollywood. Harry Potter e aPedra Fisolofal faturou nada menos do que US$ 93,5 milhões emseu fim de semana de estréia nos Estados Unidos e no Canadá, deacordo com números preliminares do estúdio Warner Bros. Aarrecadação supera os US$ 72,1 milhões de O Mundo Perdido,de 1997, e é o novo recorde da indústria do cinema. Hoje, Harry Potter a Pedra Filosofal deveultrapassar a marca de US$ 100 milhões de faturamento na Américado Norte, uma façanha que a fita mais recente da franquiaGuerra nas Estrelas demorou cinco dias para conseguir.NaGrã-Bretanha, o pequeno mágico também faturou alto: US$ 23milhões, entre a estréia deste fim de semana e as prévias dasemana passada. O recorde anterior era de Episódio 1: A AmeaçaFantasma, que arrecadou US$ 14,7 milhões em seu lançamento emmaio de 1999. Se a performancedo filme nas bilheterias continuar tão boa nos próximos meses,há grandes chances de que o trabalho quebre o recorde defaturamento da história de Hollywood: a bilheteria mundial deUS$ 1,8 bilhão de Titanic (1997).Os dados finais sobre o faturamento do filme vão sair nestasegunda-feira. O recorde é certo, mas estúdios rivais fizeramestimativas menores: US$ 89 milhões em média. Um deles chegou ainformar que a arrecadação não passaria de US$ 83 milhões. Éesperar para ver. Harry Potter e a Pedra Filosofal está emcartaz em 8,2 mil telas na América do Norte, ou seja, cerca de um quinto dos cinemas. A vice-liderança da bilheteria ficou comMonsters, Inc., do estúdio Walt Disney, que conseguiu US$ 23milhões em seu terceiro fim de semana nos cinemas. No total, acomputação gráfica já fez US$ 156 milhões nos Estados Unidos.O primeiro filme da série Harry Potter, uma adaptação para ocinema dos livros infantis da escritora J.K. Rowling, custou US$125 milhões para ser rodado, mais US$ 40 milhões em publicidadeapenas para o mercado norte-americano. O projeto é de ChrisColumbus, que começa esta semana a rodar o segundo filme dafranquia, Harry Potter e a Câmara Secreta. O elenco é omesmo: Daniel Radcliffe faz o papel do órfão aprendiz defeiticeiro que freqüenta a Escola de Magia e Bruxaria Hogwarts,na Escócia.Harry Potter a Pedra Filosofal quebrou uma série de outrosrecordes. O faturamento da fita no sábado, na América do Norte,foi o mais alto da história de Hollywood em um único dia: US$ 32,9 milhões. Na sexta-feira, a fita levou US$ 31,6 milhões. Para odomingo, a previsão era de outros US$ 29 milhões. A explicaçãopara tanto sucesso é que o filme atraiu um público de todas asfaixas etárias. Em Nova York, por exemplo, as sessões iniciaisde sexta-feira estavam lotadas de adultos, porque as criançasainda estavam nas escolas.A série é o maior sucesso literário dos últimos tempos. Osquatro livros lançados desde 1997 tiveram 125 milhões deunidades vendidas em 47 línguas. Com tantos fãs, não havia comoo filme não ser um hit. Críticas muito positivas fizeram com que a produção virasse o "evento" cinematográficodeste outono nos Estados Unidos. No resto do mundo, o sucessodeve ser o mesmo. O filme estréia quase simultaneamente em 130países (40 línguas). No Brasil, chega às telas nasexta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.