Warner Bros./Divulgação
Warner Bros./Divulgação

'Harry Potter' arrecada US$ 330 milhões em todo o mundo

Sétimo filme da série teve a sexta estreia mais bem-sucedida do cinema

Reuters

21 de novembro de 2010 | 19h30

O jovem bruxo Harry Potter voltou a fazer mágica nas bilheterias de cinema neste fim de semana. Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1, o novo capítulo da saga, arrecadou US$ 330 milhões em mais de 50 países.

A cifra inclui os US$ 125,1 milhões arrecadados nos Estados Unidos e no Canadá no fim de semana de estreia, que foi o melhor de toda a saga "Potter". Antes, o campeão era o quarto capítulo, Harry Potter e o Cálice de Fogo, que arrecadou US$ 102,7 milhões em novembro de 2005. Em toda a história do cinema, Relíquias da Morte obteve o sexto melhor desempenho de um filme no primeiro fim de semana de exibição, logo atrás de Homem de Ferro 2, lançado também neste ano. A estreia do sétimo filme do bruxo deixou a animação Megamind num distante segundo lugar, com US$ 16,2 milhões, à frente da ação Incontrolável, que angariou US$ 13,1 milhões.

Desempenho em salas Imax e no mundo

As telas gigantes da tecnologia Imax geraram US$ 12,4 milhões do total arrecadado pelo filme. É o filme mais bem-sucedido do Imax, posto ocupado anteriormente por Alice no País das Maravilhas e seus US$ 12,1 milhões arrecadados na estreia, de acordo com o Hollywood.com Box-Office.

Relíquias da Morte foi exibido em 54 países. Segundo a Warner Bros, foram arrecadados US$ 28 milhões na Grã-Bretanha, US$ 21,8 milhões na Alemanha, US$ 14 milhões na Austrália e US$ 14 milhões no Japão.

Ao longo da semana, a Warner Bros já dizia esperar que o filme rompesse a barreira dos US$ 100 milhões nos Estados Unidos e no Canadá, enquanto alguns observadores especularam que ele poderia atingir a marca de US$ 150 milhões.

Somente dois filmes anteriores alcançaram essa última marca. Um deles é Batman: O Cavaleiro das Trevas (2008), dono da melhor estreia da história, com US$ 158 milhões. O segundo lugar é de Homem-Aranha 3 (2007), que obteve US$ 151 milhões no primeiro fim de semana de exibição, de acordo com o Hollywood.com Box-Office.

O chefe de distribuição da Warner Bros, Dan Fellman, disse à agência de notícias Reuters que os números de "Relíquias da Morte" teve um bom desempenho entre todos os públicos. "O que torna este filme único é que o público cresceu junto com o filme e o elenco". Somadas, as seis tramas anteriores renderam US$ 5,4 bilhões aos estúdios da Warner Bros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.