VALERIE MACON / AFP
VALERIE MACON / AFP

Harrison Ford se machuca em ensaio para o novo 'Indiana Jones'

O astro sofreu uma lesão no ombro enquanto ensaiava uma cena de ação; o estúdio não entrou em detalhes sobre como o ator de 78 anos se machucou ou a sua gravidade

Agências, AFP

23 de junho de 2021 | 16h45

LOS ANGELES, EUA - O astro Harrison Ford sofreu uma lesão no ombro enquanto ensaiava uma cena de ação para um novo filme da saga Indiana Jones, informou a Disney na quarta-feira, 23.

"A produção continuará enquanto o curso apropriado de tratamento é avaliado, e a programação de filmagem será reconfigurada conforme necessário nas próximas semanas", anunciou a Disney em um comunicado enviado à AFP.

O estúdio não entrou em detalhes sobre como o ator de 78 anos se machucou ou a sua gravidade.



As filmagens do quinto e último filme ainda sem título sobre o intrépido arqueólogo interpretado por Ford começaram em maio na Grã-Bretanha sob direção de James Mangold. Seu lançamento está previsto para o verão de 2022 no hemisfério norte.

Em 2014, Ford se feriu durante as filmagens de uma sequência de Star Wars. Ele teve o pé esmagado por uma porta hidráulica da Millennium Falcon, a mítica nave pilotada por seu personagem Han Solo.

A produção da última aventura da franquia Indiana Jones, anunciada em 2016, tem sofrido atrasos. A volta da Ford para o papel principal foi confirmada em dezembro de 2020 pela Disney.

Em 1981, Ford vestiu pela primeira vez o famoso chapéu de Indiana Jones em Caçadores da Arca Perdida, dirigido por Steven Spielberg.

Foi um sucesso estrondoso em todo o mundo e deu origem a duas sequências populares, Indiana Jones e o Templo da Perdição, em 1984, e Indiana Jones e a Última Cruzada, em 1989, com o falecido vencedor do Oscar de melhor ator coadjuvante, Sean Connery, no papel de seu pai.

Um quarto episódio - Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal - foi lançado em 2008. Foi um sucesso de bilheteria, mas não agradou a crítica especializada, assim como os fãs mais antigos do lendário professor de arquelogia.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.