"Hannibal" divide críticos de cinema

Não foram muito positivas as críticas de Hannibal nos Estados Unidos. Em grande parte delas, o filme foi comparado desfavoravelmente com o original, O Silêncio dos Inocentes. Para o Los Angeles Times, a volta de Anthony Hopkins como o canibal Hannibal Lecter é "desapontadora"; para o Hollywood Reporter, é banal.Mas nem todas as críticas são negativas. Segundo a Time, a continuação de Ridley Scott tem um nível "superior" em relação ao filme de Jonathan Demme. A Rolling Stone diz que o filme "tem ótimo suspense com molho de risadas diabólicas". Para o New York Times, o filme é bobo, mas ao mesmo tempo corajoso.

Agencia Estado,

12 de fevereiro de 2001 | 16h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.