Halle Berry diz que tentou se suicidar após fim do casamento

A norte-americana Halle Berry, de 40 anos, que ganhou o Oscar em 2002 por A Última Ceia, e o Framboesa de Ouro de pior atriz em 2005 por Mulher Gato, contou à revista semanal Parade, que tentou se suicidar após o fracasso de seu casamento com o jogador de beisebol David Justice. Halle, que protagoniza o thriller erótico A Estranha Perfeita ao lado de Bruce Willis, com estréia prevista para 13 de abril nos Estados Unidos, fez a revelação durante entrevista para divulgar seu novo trabalho. A atriz disse que tentou se matar inalando monóxido de carbono de seu carro, mas que a lembrança de sua mãe a fez desistir de sua tentativa de suicídio. "Pensei em minha mãe vendo-me morta", explicou, "ela que se sacrificou tanto por seus filhos, então percebi o quanto estava sendo egoísta". "A fama é difícil em um relacionamento. O homem pode se sentir diminuído", disse Halle. Ela contou que após o incidente teve de "reprogramar minha vida e ver o que havia de bom em mim". Halle casou-se uma segunda vez com o cantor Eric Benet, com viveu uma relação tumultuada, e atualmente vive com o modelo canadense Gabriel Aubry, dez anos mais novo do que ela. Halle, que foi a primeira mulher negra a ganhar um Oscar de melhor atriz, atuou ainda em um dos filmes da série James Bond, 007 - Um Novo Dia para Morrer, ao lado de Pierce Brosnan, em 2003. A cena marcante do filme é quando Halle sai do mar com um biquíni laranja de cinto branco, em uma homenagem à Ursula Andress de biquíni branco no clássico 007 Contra o Satânico Dr. No, de 1962. A atriz promove em Madri seu mais novo filme, A Perfeita Estranha, no qual interpreta uma jornalista que investiga o assassinato de uma amiga, no filme de James Foley.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.