Há 20 anos, 'Pulp Fiction' estreava nos Estados Unidos

Longa é um dos mais conceituados da carreira de Quentin Tarantino

O Estado de S. Paulo

23 Setembro 2014 | 15h27

No dia 23 de setembro de 1994, um dos maiores clássicos do cinema estreava nos Estados Unidos. Pulp Fiction, de Quentin Tarantino, marcou a geração de cinéfilos da década de 1990 e impulsionou a carreira de John Travolta, Uma Thurman e Samuel L. Jackson.

O longa conta a história de dois matadores (John Travolta e Samuel L. Jackson) atrás de um boxeador (Bruce Willis) que passou a perna no chefe deles (Ving Rhames). Há ainda a namorada (Uma Thurman) do gângster, a quem um dos capangas (Travolta) precisa entreter em uma noitada de drogas e rock'n'roll.

Com orçamento de US$ 8 milhões, Pulp Fiction faturou US$ 213 milhões apenas nos cinemas. Exibido primeiramente em Cannes em maio de 1994, o filme chegou ao Brasil em fevereiro de 1995 com o subtítulo Tempo de Violência.

Pulp Fiction foi indicado a sete Oscar em 1994: melhor filme, diretor, ator (John Travolta), ator coadjuvante (Samuel L. Jackson), atriz coadjuvante (Uma Thurman), montagem e roteiro original, única categoria na qual saiu vencedor.

A trilha sonora de Pulp Fiction também ganhou destaque. Com músicas como Misirlou, surf music instrumental que abre o filme gravada por Dick Dale em 1962, o funk Jungle Boogie, de Kool & The Gang, You Never Can Tell, hit de Chuk Berry dançado pelos personagens de Uma Thurmann e John Travolta e, claro, o clássico Girl, You'll Be a Woman Soon, de Neil Diamond.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.