Gwyneth Paltrow critica Brad Pitt, seu ex-noivo

Gwyneth Paltrow diz que a publicidade sobre a separação de Brad Pitt e Jennifer Aniston poderia ter sido evitada."Seria muito mais fácil para Brad Pitt e Jennifer Aniston agora se eles não tivessem falado com a imprensa sobre eles dois e todo o resto para começar", disse Gwyneth na edição desta semana da revista Time, que está nas bancas.A atriz, de 32 anos, foi alvo de muita cobertura dos tablóides quando namorou Pitt nos anos 1990. Eles romperam o noivado em 1997."Eu aprendi minha lição aos 24 anos", disse Gwyneth sobre o relacionamento público.Gwyneth, atualmente casada com o líder e vocalista do Coldplay Chris Martin, dá valor à sua privacidade. O casal tem uma filha de um ano, Apple. "Nosso casamento é entre nós", ela diz. "Se decidimos ficar juntos ou não, é nosso problema". Na semana passada, um juiz da Califórnia assinou o divórcio de Jennifer e Pitt. Depois de 4 anos e meio de casamento, Jennifer disse à Vanity Fair que "a coisa triste, para mim, é o modo como ficou reduzido a um clichê de Hollywood - ou seja apenas um clichê humano". Enquanto a fama de Pitt e Jennifer pode estar no topo, Gwyneth parece quase pronta para uma silenciosa aposentadoria. "Tudo que eu quis alcançar, eu alcancei", diz Gwyneth. "Eu não sou dessas pessoas que ficam aumentam os limites".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.