'Guerra ao Terror' é o grande vencedor do Bafta

Premiação britânica valorizou o trabalho de Kathryn Bigelow, diretora do longa premiado

Agências internacionais

21 Fevereiro 2010 | 19h08

Premiados - Os produtores Mark Boal, Greg Shapiro e Nicholas Chartier exibem o prêmio de melhor filme, por "Guerra ao terror", ao lado de Kathryn Bigelow. Toby Melville/REUTERS

 

A diretora norte-americana Kathryn Bigelow saiu abarrotada de troféus da premiação Bafta (British Academy of Film and Television Arts), o Oscar do cinema britânico, que aconteceu Londres, na Inglaterra. Levou seis das oito categorias para as quais foi indicada, com destaque para melhor direção e melhor filme, por "Guerra ao Terror". O longa, que retrata a história de uma brigada americana de desativação de explosivos no Iraque, superou o aclamado "Avatar", de James Cameron, ganhador do Globo de Ouro. Os dois filmes são apontados como fortes concorrentes ao Oscar.

 

O prêmio de melhor ator ficou com Colin Firth, por "Direito de Amar", e o de melhor atriz com Carey Mulligan, por "Educação". A jovem Kristen Stewart, de "Crepúsculo" e "Lua Nova", recebeu o troféu de revelação do ano, chamado Prêmio Orange. Já o prêmio de honra da academia foi concedido à atriz Vanessa Redgrave.

 

 

 

Veja a lista completa dos premiados:

Melhor filme: "Guerra ao Terror"

Melhor diretor: Kathryn Bigelow, por "Guerra ao Terror"

Melhor ator: Colin Firth, por "Direito de Amar"

Melhor atriz: Carey Mulligan, por "Educação"

Melhor ator coadjuvante: Christoph Waltz, por "Bastardos Inglórios"

Melhor atriz coadjuvante: Mo'nique, por "Preciosa - Uma História de

Esperança"

Melhor diretor, produtor ou roteirista estreante britânico:

Duncan Jones, diretor de "Moon"

Melhor filme britânico: "Fish Tank", de Andrea Arnold

Melhor filme estrangeiro: "O profeta", do francês Jacques

Audiard

Melhor filme de animação: "Up - Altas Aventuras", de Pete Docter

Melhor roteiro adaptado: "Amor sem Escalas", de Jason Reitman e Sheldon

Turner

Melhor roteiro original: Mark Boal, de "Guerra ao Terror"

Melhor música: Michael Giacchino, por "Up - Altas Aventuras"

Melhor fotografia: Barry Ackroyd, por "Guerra ao Terror"

Melhor montagem: Bob Murawski e Chris Innis, por "Guerra ao Terror"

Melhor design de produção: Rick Carter, Robert Stromberg e Kim Sinclair,

por "Avatar"

Melhor figurino: Sandy Powell, por "The Young Victoria"

Melhor som: Ray Beckett e Paul N.J. Ottosson, por "Guerra ao Terror"

Melhores efeitos especiais: Joe Letteri, Stephen Rosenbaum, Richard

Baneham e Andrew R. Jones, por "Avatar"

Melhor maquiagem e cabelo: Jenny Shircore, por "The Young Victoria"

Melhor curta-metragem de animação: "Mother of Many", de Emma Lazenby

Melhor curta-metragem: "I Do Air", de Martina Amati

Prêmio Orange (revelação do ano): Kristen Stewart

Prêmio de contribuição a cinema britânico: Joe Dunton, técnico

de câmera.

Prêmio de honra da academia: Vanessa Redgrave

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.