Greve de atores já é a mais longa de Hollywood

A greve de atores americanos contra anunciantes entra hoje em seu 155º dia e já é a maior paralisação da história de Hollywood. Depois de muitas negociações, a diferença entre o que querem os sindicatos Screen Actors Guild e American Federation of Television & Radio Artists e o que os anunciantes estão dispostos a pagar representa apenas um diferença de 3% de aumento no período de três anos. Os atores calculam que seria necessário ter um aumento de 7,4%, enquanto a indústria da propaganda quer dar apenas o equivalente a 4,4%. A expectativa é de que a greve dure pelo menos mais um mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.