Grã-Bretanha libera filme com cenas de sexo explícito

O filme 9 Songs, do diretor britânico Michael Winterbottom, foi aprovado para exibição nos cinemas britânicos pelo órgão regulador local.Apesar da liberação, as cenas de sexo explícito presentes no longa metragem do diretor de A Festa Nunca Termina devem causar controvérsia. 9 Songs integra um grupo de polêmicos filmes lançados nos últimos anos, que incluem cenas de sexo real, e não simulado. O filme se junta a títulos como os franceses Baise-Moi, Romance e O Pornógrafo; e o britânico Intimidade. 9 Songs foi exibido neste ano no Festival de Cannes. O filme gira em torno do relacionamento dos jovens Matt e Lisa. O longa tem sido defendido pelo seu protagonista, Kieran O´Brien, que contracena com a atriz Margo Stilley. Mas O´Brien concorda que a produção é explícita e chocante."Quem vai assistir, mesmo já sabendo quão explícito o filme é, sai do cinema dizendo não acreditar que seja tão explícito", diz O´Brien. Mas o ator acrescenta: "Quem diz que o filme é ofensivo é mentiroso."Ao aprovar a exibição do filme, o órgão de classificação de filmes na Grã-Bretanha disse que 9 Songs não receberá uma classificação especial. "Nós não costumamos autorizar cenas de sexo não-simulado em produções para maiores de 18 anos a não ser que elas sejam excepcionalmente justificadas pelo contexto do filme", afirma Craig Lapper, que comanda o órgão regulador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.