"Good Bye, Lenin!" vence o Oscar alemão

Good Bye, Lenin!, de Wolfgang Becker, é o grande vencedor dos prêmios Lola, espécie de Oscar alemão. A tragicomédia sobre uma comunista ortodoxa que desperta do coma após a queda do muro de Berlim, venceu em sete categorias, incluindo melhor filme, direção e ator (Daniel Bruehl), e ainda levou dois prêmios de público. Sucesso também na bilheteria, Good Bye, Lenin! já foi visto por 5,8 milhões de pessoas na Alemanha, e chega em breve aos mercados inglês e japonês.A heroína do filme é vivida por Katrin Sass, um atriz famosa da antiga Alemanha Oriental. Ela faz uma mãe solteira em Berlim que, após um longo coma, acorda oito meses após a queda do muro, em 1989. Para poupá-la do choque do fim do regime comunista, seu filho, papel de Bruehl, cria a ilusão de um país ainda sob o domínio do PC alemão.Ao comentar o resultado da premiação, a ministra da Cultura Christina Weiss disse que "o cinema alemão pode olhar o futuro com confiança e orgulho". No ano passado, o vencedor do Lola foi o drama Nowhere in Africa, de Caroline Link, que tem o Holocausto como pano de fundo. Após a premiação na Alemanha, a produção levou ainda o Oscar de melhor filme estrangeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.