Reprodução
Reprodução

Globo de Ouro vai anunciar candidatos; Brasil pode estar entre eles

Três produções nacionais podem ser selecionadas na categoria de Melhor Filme em Língua Estrangeira

AFP

11 Dezembro 2016 | 18h37

A Associação de Imprensa estrangeira de Hollywood anunciará nessa segunda-feira, 12, os candidatos ao 74º Globo de Ouro. O evento que marca o início da temporada de premiações na indústria americana.  

O anúncio dos filmes e programas de TV concorrentes será realizado às 10h15min de Brasília, ocorre alguns dias antes do influente prêmio do Sindicatos de Atores de Hollywood (SAG Awards) e dará as primeiras dicas sobre os prováveis filmes candidatos ao Oscar. As indicações da seleta Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA) abrangem tanto as produções para cinema como para televisão.

O musical La la land – Cantando Estações aparece na lista de favoritos, junto a Moonlight, Manchester by the sea e Lion, à lista de indicados ao Globo de Ouro, que abre a temporada de prêmios em Hollywood.

Na produção nacional, o maio competidor é o longa Aquarius, com Sonia Braga. Ao lado está Pequeno Segredos, que também representa o Brasil no Oscar, e Chatô - O Rei do Brasil, estrelado por Marco Ricca. 

A última edição dos prêmios foi marcada pela polêmica sobre as categorias em que alguns filmes competiram. Vários setores da indústria do entretenimento questionaram por que Perdido em Marte e Joy – O nome do sucesso

competiram como melhor comédia quando estavam narrando dramas.

O site Gold Derby, que prediz as indicações e os prêmios, coloca La la land como um dos favoritos, sem espaço à controvérsia se é um musical ou uma comédia romântica.

– No geral, os eleitores do Globo de Ouro gostam de dividir as indicações entre filmes diferentes, mas posso dizer honestamente que vemos este filme e seus protagonistas, Ryan Gosling e Emma Stone, como vencedores – afirmou o diretor do site, Chris Beachum.

O filme dirigido por Damien Chazelle estreará no Brasil em janeiro.

Na categoria drama, os especialistas concordam que Manchester by the Sea tem possibilidades de levar várias indicações. A interpretação de Casey Affleck foi aclamada nos EUA. Já Moonlight, sobre la vida de um homem negro protagonizado por Mahershala Ali e Naomie Harris, e Lion, com Dev Patel e Nicole Kidman, que conta a história de uma adolescente adotada por uma família australiana que busca seus parentes usando o Google Earth, também têm boas chances.

O Globo de Ouro deverá ser um termômetro da tolerância de Hollywood ao escândalo causado por Nate Parker e seu filme O nascimento de uma nação, visto como um forte candidato a arrebatar todos os prêmios da temporada até que surgiu o escândalo envolvendo o diretor em um estupro coletivo de uma mulher que acabou por se suicidar.

"Separarão a arte do artista? O filme ficará de pé por si só ou as críticas muito variadas farão afundar suas possibilidades?", questionou Eric Anderson, no blog especializado AwardsWatch.com.

Denzel Washington, vencedor de dois Globos de Ouro no cinema, poderá levar sua primeira indicação como diretor por Fences, apesar da concorrência de Martin Scorsese, diretor de Silêncio e vencedor em 2012 por A invenção de Hugo Cabret.

Emily Blunt poderá conquistar sua sexta indicação por A garota do trem, enquanto a francesa Isabelle Huppert buscará sua primeira por Elle. Viola Davis (Fences), Ruth Negga (Loving) e Natalie Portman (Jackie) são fortes concorrentes como melhor atriz.

Nas indicações para televisão, a comédia Atlanta pode dominar a categoria com a história de dois primos que tentam triunfar no hip hop, assim como Divorce e sua protagonista Sarah Jessica Parker, que já levou quatro estatuetas por Sex and the City.

O Globo de Ouro será entregue em 8 de janeiro, no Hotel Beverly Hilton de Beverly Hills, e terá Jimmy Fallon como apresentador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.