Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Chris Pizzello/Invision/AP
Chris Pizzello/Invision/AP

Globo de Ouro passa a aceitar filmes que não estrearam no cinema

Produções que vão direto para plataformas de streaming, como Netflix, ou que sejam exibidas na televisão durante período da pandemia também poderão concorrer

Redação, AFP

26 de março de 2020 | 21h44

O Globo de Ouro anunciou nesta quinta-feira, 26, que mudará regras para considerar a participação de produções, se adaptando à realidade da pandemia do coronavírus. A maioria destas premiações, incluindo o Oscar, requer que os filmes sejam exibidos em cinemas de Los Angeles por um tempo mínimo para poder entrar na competição.

No entanto, quando até as salas privadas de exibição foram fechadas em grande parte do mundo, a situação exigirá mudanças.

Os filmes que tinham previsto "uma estreia nas salas de cinema" entre o começo da epidemia e o final de abril poderão escolher participar da seleção do Globo de Ouro, inclusive se sua entrada em cartaz for descartada no final, informou a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA), que organiza o prêmio.

As produções que irão diretamente às plataformas de streaming, como Netflix, ou que sejam exibidas na televisão durante esse período, também poderão concorrer.

E as sessões exclusivas para o júri que seleciona os filmes, da HFPA, também não serão obrigatórias. Será permitido que eles tenham acesso aos filmes que concorrem durante o confinamento por meio de DVDs ou acessos online.

O Oscar, que normalmente ocorre um ou dois meses depois do Globo de Ouro, ainda não anunciou nenhuma mudança.

Um porta-voz disse que a Academia de Hollywood estava "avaliando todos os aspectos desse cenário incerto e que modificações podem ser necessárias".

"Nos comprometemos a ser rápidos e abertos para discutir o que é melhor para o futuro da indústria, e faremos mais anúncios nos próximos dias", disse o porta-vez à AFP.

Outras grandes cerimônias de prêmios contatadas disseram que era muito cedo para decidir possíveis mudanças. Ainda assim, pequenas produções já tiveram que ser adaptadas à nova realidade.

O festival SXSW, que ocorre em Austin, mas foi cancelado, e serve como etapa classificatória para o Oscar, manteve a sua competição mesmo não podendo exibir nenhuma produção.

Os juízes receberam os filmes e votaram. Os ganhadores nas categorias documentário, animação e curta-metragem continuarão sendo pré escolhidos para o Oscar.

Tudo o que sabemos sobre:
cinemacoronavírusGlobo de Ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.