Photo by Robyn Beck / AFP
Photo by Robyn Beck / AFP

Globo de Ouro é adiado para 28 de fevereiro por causa da pandemia

Anúncio veio após Oscar, Bafta e Spirit remarcarem as respectivas cerimônias

Redação, EFE

23 de junho de 2020 | 07h38

A cerimônia de premiação do Globo de Ouro de 2021 foi adiada para o dia 28 de fevereiro devido à pandemia de covid-19, anunciou nesta segunda-feira, 22, a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA, na sigla em inglês).

Tradicionalmente realizado na primeira semana de janeiro, o evento ocorrerá quase dois meses depois que o habitual. Após Oscar, Bafta e Spirit remarcarem as respectivas cerimônias, a do Globo de Ouro permanecia como uma das únicas ainda mantidas.

"Para acolher produções cinematográficas e televisivas nacionais e internacionais, a HFPA fornecerá mais orientações sobre a elegibilidade, o período de votação e o calendário revisado dos anúncios de indicação nas próximas semanas", afirmou a organização em comunicado.

Até o momento, a mudança da data não foi acompanhada por novos critérios ou alterações das regras, como a Academia de Hollywood fez com o Oscar.

A HFPA também não forneceu mais detalhes sobre o formato da cerimônia, o que mantém Tina Fey e Amy Poehler como apresentadoras. As comediantes sabem exatamente o que é apresentar os Globos de Ouro, pois foram as mestres de cerimônia do evento três vezes: de 2013 a 2015. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.