Robyn Beck / AFP
Robyn Beck / AFP

Globo de Ouro acontecerá de forma privada sem transmissão ao vivo

Premiação acontece neste domingo, 9; organização já tinha avisado que não teria público nem tapete vermelho para o evento deste ano

Marie-Louise Gumuchian, Reuters

07 de janeiro de 2022 | 10h56

O Globo de Ouro deste ano será um evento privado sem trasmissão ao vivo, disseram os organizadores, enquanto se preparam para realizar uma cerimônia no domingo,  9, sem tapete vermelho após a controvérsia do ano passado. Os dramas Ataque dos Cães e Belfast lideram as indicações com sete cada um, e os vencedores serão anunciados online. 

No ano passado, a emissora NBC abandonou os planos de transmitir o evento após críticas da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (HFPA, na sigla em Inglês), que vota os prêmios anuais de filmes e televisão - um dos maiores além do Oscar. 

A HFPA foi criticada pela falta de diversidade racial entre seus membros e os críticos também levantaram questões sobre se relações próximas com estúdios de cinema podem ter influenciado as escolhas de indicados e vencedores. 

Em outubro, a HFPA disse que tinha incluído 21 novos membros, seis deles são negros. 

"O evento deste ano será privado e não será transmitido ao vivo", disseram os organizadores na página oficial do Globo de Ouro no Twitter, na noite desta quinta-feira, 6. 

"Estaremos fornecendo atualizações em tempo real sobre os vencedores no site do Globo de Ouro e em nossas redes sociais." 

No início desta semana, a HFPA disse que não haveria público ou tapete vermelho no evento, o que também "acenderia uma luz sobre o trabalho filantrópico (do grupo) há muito estabelecido". Também proibiu presentes e favores e implementou treinamento sobre diversidade e assédio sexual para os membros. O grupo, que conta com pouco mais de 100 membros, planeja expandir-se ainda mais este ano. 

O rapper e ator Snoop Dogg anunciou as indicações para os 79º Globo de Ouro no mês passado. Entre os indicados estão Lady Gaga (Casa Gucci), Nicole Kidman (Apresentando os Ricardos), Will Smith (King Richard: Criando Campeãs), Kristen Stewart (Spencer) e Denzel Washington (A Tragédia de Macbeth). 

Na televisão, o drama Succession liderou com cinco nomeações.

Tudo o que sabemos sobre:
cinematelevisãoGlobo de Ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.