Glamour dos velhos tempos na passarela do Oscar

Os vestidos clássicos e sofisticados dos tempos mais glamourosos da indústria cinematográfica serviram de inspiração para as atrizes que desfilaram pelo tapete vermelho diante do Teatro Kodak, passarela de entrada para a 76.ª cerimônia de entrega do grande prêmio da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Imperaram as cores neutras, como uma demonstração de respeito à Academia, disse Cinci Leive, editora da revista Glamour.A grande revelação do Oscar foi sem dúvida a atriz da África do Sul que conquistou o prêmio de melhor atriz, Charlize Theron. Ela, que aparece transfigurada em Monster, estava belíssima vestindo uma criação de Tom Ford para a grife Gucci, da cor da pele, com uma carteira prateada de Lana Marks, estilista de sua terra, e brincos de Chopard com 46 diamantes. "É uma linda história, a da garota feia que vira a sensação do baile", comentou o renomado colunista de Hollywood, Army Archerd, que há 36 anos observa as estrelas do Oscar. Naomi Watts, que concorreu ao mesmo prêmio, por seu trabalho em 21 Gramas, usou um estupendo vestido cor da pele de Versace, enfeitado com enormes cristais em forma de lágrimas. "Optei pelo glamour dos velhos tempos", disse Naomi, que prendeu os cabelos deixando à mostra um delicado par de brincos. Renée Zellweger caprichou para levar para casa seu Oscar de melhor atriz coadjuvante por Cold Mountain. Vestida com um branco tomara-que-caia de Carolina Herrera, drapeado no busto e com um laço na cintura formando uma calda imensa, usava jóias Cartier no valor de US$ 1 milhão: um colar de diamantes de 73 quilates e uma pulseira de diamantes de 35 quilates. A menina Keisha Castle-Hughes, de 13 anos, caso inédito de candidata ao prêmio máximo das atrizes, por Domadora de Baleias, prendeu parte dos cabelos com uma presilha em formato de baleia e usou um clássico vestido cor-de-rosa, apropriado para sua idade, desenhado por sua compatriota neo-zelandesa Liz Mitchell. A veterana estrela iraniana Shohreh Aghdashloo, que concorreu com Rennée Zelwegger ao Oscar de melhor atriz coadjuvante por House of Sand and Fog, escolheu um vestido vermelho da estilista de seu país Simin: "Eu o fiz de propósito. Meu coração está no Irã", disse. Só o bordado na calda do vestido de cetim verde claro de Nicole Kidman custou às bordadeiras mais de 400 horas de trabalho. A parte superior do vestido sem alças era simples, com um toque do bordado junto ao busto, A atriz australiana usou um colar de diamantes verdes de 195 quilates desenhado por L´Wren Scott para a Bulgari. A surpreendente Diane Keaton, que concorria por Something´s Gotta Give ao prêmio de melhor atriz, foi com um modelo masculino, calça e paletó de Ralph Lauren, completados com gravata, chapéu e luvas pretas.Jude Law, que concorreu ao Oscar de melhor ator por Cold Mountain usou um elegante smoking de três peças de Dunhill. A maioria dos homens indicados optou por smokings clássicos. Sean Penn e Johnny Depp, que normalmente evitam festas do gênero, apareceram elegantemente vestidos de Armani.Sofia Coppola, primeira mulher a receber uma indicação ao Oscar de melhor filme, acabou conquistando o prêmio pelo roteiro original e foi à festa vestida num pretinho básico de Marc Jacobs, que diz sempre que ela é sua musa. Catherine Zeta-Jones usou um vermelho de Versace e Julia Roberts, de cabelos loiros, vestiu um modelo cor de bronze de Giorgio Armani. Destaque ainda para Diane Lane, com um espetacular vestido branco bordado e um brinco de brilhantes de 6 quilates. Angelina Jolie também usou o branco, num vestico com generoso decote em V de Marc Bouwer. Liv Tyler usou um elegante traje preto de Givenchy, com um amplo decote nas costas.Veja Galeria de Fotos da 76ª festa do Oscar

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.